novembro 28, 2011

Texto 'Jack & Sally'

A lenda de Jack é muito difundida em vários países, e em cada um deles é contada de um modo diferente. Dessa vez vou contar a história romântica sobre Jack e sua eterna amada, Sally, em quase todas as histórias desse gênero não sabe-se o autor ao certo, pois foram passadas de geração em geração.

Em primeiro lugar, Jack e Sally são personagens do Halloween... os Celtas (povo que habitava a Irlanda e as ilhas onde hoje é o Reino Unido e a Inglaterra) tinham uma festa que marcava o final do verão, o “samhain” - que significa literalmente "fim do verão” – que acontecia na noite do dia 31 de Outubro – acho. além disso, a festa cultuava os mortos e havia a crença que naquela noite os espíritos dos mortos saíam as ruas e passavam uma noite na companhia de seus parentes e entes queridos - até que é uma crença bonitinha

O Halloween era originalmente uma festa pagã, mas depois foi “anexada” (e modificada) pela igreja católica, quando o império romano invadiu as ilhas onde os celtas moravam.A festa tomou as formas que conhecemos atualmente – o lance do doce ou travessura. Porém, conservou os fantasmas e coisas mais, que são, sem discussão elementos de origem pagã.

Pois bem, conta a lenda que Jack era um dos caras que curtia essa festa. Ele aprontava muitas travessuras e era conhecido como o “Rei do Halloween”, devido as suas façanhas. Certo dia dia ele conheceu uma jovem chamada Sally, e os dois se apaixonaram loucamente. Ele amava Sally e ela o amava também.
Eles eram muito felizes, porém, Jack morre.

Devido a seu passado infame não é aceito no céu e nem no inferno – Deus e o diabo tinham receio da conduta de Jack – e assim ele é condenado a vagar eternamente no mundo como espírito, sem lugar definido. Sozinho.

E, a Jack, foi dada uma cabeça de abóbora, para que lhe iluminasse o caminho solitário durante as noites frias. Assim, Sally permaneceu viva, aguardando a cada Halloween, o momento mais feliz, a oportunidade de reencontrar seu amor, Jack. Ela sempre está a esperar, e sempre estará. Separados pela morte, essa é triste lenda de Jack e Sally.
Daí surgiram inúmeras referências músicais, uma delas é trecho da música 'I miss you' do Blink 182:


"[...]We can live like Jack and Sally if we want 
Where you can always find me 
We`ll have Halloween on Christmas 
And in the night we`ll wish this never ends 
We`ll wish this never ends..." 

“Nós podemos viver como Jack e Sally se quisermos
Onde você sempre pode me encontrar
Nós teremos o Halloween no Natal
E no final da noite, nos desejaremos que isso nunca acabe,
Nós desejaremos que isso nunca acabe...”

2 comentários:

  1. Legal! Estava procurando por essa estória. Romantismo! Das melhores escolas literárias na minha opnião. Acho que por colocar o fator mítico e no caso do ultraromantismo, o fator macabro, mas de forma bela.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, achei muito interessante essa lenda sobre Jack e Sally, lembro que na minha infância assisti uma animação baseada na lenda deles mas não me recordo do nome :(

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...