novembro 23, 2011

Eres Mi Religion - Maná (Revolución de Amor - 2003)

Você é Minha Religião

Ia caminhando pelas ruas no profudo esquecimento.
Ia pelos parques com fantasmas e com anjos caidos.
Ia sem luz, ia sem sol, ia sem um sentido, ia morrendo.
Ia voando sobre o mar com as asas quebradas.

Ai, amor você apareceu em minha vida e me curou as feridas.
Ai, amor, você é minha lua, meu sol, você é meu pão de cada dia.
Apareceu com tua luz.
Não nunca se vá, oh, não se vá, não
Você é a gloria dos dois, até a morte.
Em um mundo de ilusão, eu estava desiludido, eu estava abandonado,
Vivia sem sentido, mas você chegou.

Ai amor, você é minha religião.
Você é luz, você é meu sol.
Abre o coração, abre o coração.

Faz tanto tempo coração, vivi na dor e no esquecimento.
Ai, amor é minha benção, minha religião, é meu sol que cura o frio.
Apareceu com tua luz
Não, não, não me abandone. Não nunca meu amor.
Glória dos dois, você é sol, você é meu todo
Toda você é minha benção.

Em um mundo de ilusão, eu estava desiludido, eu estava abandonado,
Vivia sem sentido, mas você chegou.
Ai amor, você é minha religião.
Você é luz, você é meu sol.
Abre o coração, abre o coração.
Ai amor, você é minha benção.
Você é luz, você é meu sol.
Abre o coração, abre o coração

Viverei sempre ao teu lado com tua luz
Morrerei ao seu lado, você á a glória e a benção
Você é minha benção, minha religião
Você é minha eternidade e até minha salvação
Não tinha nada e hoje te tenho com a glória
con a glória, con a glória, amor, amor, amor, amor, amor
Você é minha benção, minha luz, é meu sol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...