dezembro 09, 2016

[Livros] Como Se Fosse Magia - Bianca Briones

Título Original: Como Se Fosse Magia
Autor: Bianca Briones
Editora: Gutenberg
Páginas: 208
Gênero: Romance, Ficção
País: Brasil
ISBN: 9788582353967
Classificação: ★★★
_______________

O livro de Bianca Briones transborda encantamento e me conquistou com sua genial história dentro da história. A fusão de ficção e "realidade" resultou numa trama bem desenvolvida e tão incrível quanto instigante. Quanto da protagonista do livro da protagonista seria a própria autora? Uma das histórias mais bonitas sobre imaginação e o poder da escrita, Como Se Fosse Magia mostra que os livros são, de fato, magia indispensável à vida.

A narrativa conta a história de Eva, uma autora que precisa reencontrar sua inspiração para terminar a série de livros que a tornou famosa. Seus personagens não se limitam a ficar nos livros, eles a visitam, contam suas histórias, pedem para ser ouvidos, mas, ultimamente, nenhum deles tem aparecido para ela. 

Essa mistura de ficção com realidade na vida da protagonista é vista pelos outros como loucura e o julgamento cruel da sociedade a marca para sempre. A única pessoa que não a considera louca é seu melhor amigo e agente, Thiago. O rapaz que a resgatou e a transformou em um sucesso literário sabe que Eva não é louca por ser diferente dos demais, afinal, o que é a loucura senão uma realidade diferente? 

A escritora - Eva - ainda está buscando uma forma de se reconectar à seus personagens quando um estranho e extremamente familiar rapaz surge em sua vida. O jovem que não se recorda do próprio nome é assustadoramente parecido com o protagonista de sua história, Enzo, e assim como o personagem, também perdeu a memória. As semelhanças entre os dois não param por aí e, aos poucos, Eva começa a duvidar de sua própria sanidade ao se ver apaixonada por alguém que pode ser fruto de sua própria imaginação.

O conceito de realidade e loucura permeia toda a trama, até mesmo se misturando ao trabalhos da própria autora - Briones - e essa confusão entre a autora e sua protagonista é proposital, dando outra perspectiva à leitura. Um livro que fala sobre escrever um livro é o que chamamos de narrativa em abismo, um universo dentro de outro universo, fundindo-se até que seja difícil separar onde começa um e termina o outro.

De uma maneira divertida e fantástica - mesmo - Briones desenrola todos os nós e consegue juntar todas as pontas soltas ao final do livro. A autora, assim como sua protagonista, escreve com o coração e suas personagens são palpáveis de tão reais. Não custa acreditar, então espero um dia também esbarrar num Enzo na vida real e fazê-lo se apaixonar por mim assim, como se fosse magia

"- Caras certos são casados ou gays, como você, o que os torna errados para mulheres solteiras.
- Existem, sim. Não perca a fé. Você escreve sobre eles o tempo todo.
- Exatamente. Eles estão nos livros. E nenhum deles vai sair de lá e aparecer na minha vida. É mais fácil os idiotas continuarem chegando." (p. 10)

Sinopse: Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer.

Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas. O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é. Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela. O que isso quer dizer? Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.

"Você sempre teve amor de sobra, Eva. O que te faltava era fé e entender que só merece ficar em sua vida quem te amar do jeito que você é. Porque é assim que você ama os outros, como eles são. E se você ama assim. Por que vai aceitar menos?" 
(p. 206)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...