outubro 06, 2013

[Livros] Quero Ser Beth Levitt - Samanta Holtz

Título Original: Quero Ser Beth Levitt
Autor: Samanta Holtz
Editora: Novo Século
Páginas: 544
Gênero: Romance, ficção
País: Brasil
ISBN: 9788542800449
Classificação★★★★★
_______________

Nessa resenha sou suspeita a falar, porque eu sou uma super fã da Samanta Holtz, e depois de ler O Pássaro, não via a hora de ter mais um livro carinhosamente escrito pela diva Sam, que me deu autógrafo, conversou comigo e tirou até foto *-*' Foi então que surgiu Quero Ser Beth Levitt e eu já me apaixonei pela sinopse, pela capa que deixa todo mundo ba-ban-do e por Amelie, a fofa e delicada protagonista desse conto de fadas moderno.

Se Samanta nos conquistou com O Pássaro, ela nos surpreende com Beth Levitt, suas mais de 500 páginas com fonte pequena, são repletas de detalhes e nas quais vi pouquíssimos erros de revisão (parabéns à Novo Século, pela revisão e diagramação impecáveis). A história da menina Amelie, que perdeu os pais e vive em um orfanato, por si só já nos comove, as lembranças da mãe, que era uma grande bailarina entristecem a menina e também ao leitor, por vezes me vi segurando o choro, ao ler trechos da história de Julia e a filha.

O enredo trata não só da infância triste de Amie, mas também de seu sonho em se tornar bailarina como a mãe foi, a difícil luta para encontrar um emprego, a vida de uma nova celebridade, a pressão em busca sucesso, a paixão por um livro que ganhou da mãe, que a inspira e a motiva a buscar seus sonhos e de seu primeiro amor (awwwwn *-*).

Em uma sucessão de fatos incríveis e coincidências do destino, Amelie se vê num teste para interpretar um papel no filme Doce Acaso, a adaptação adivinhem.. do seu livro favorito! A menina mostra tudo o que sabe, tem cada fala decorada e vive sonhando um dia ser como a protagonista do livro, Beth Levitt. No livro Doce Acaso, Beth é uma bailarina que encontra o amor da sua vida, mas descobre que ele é da realeza, pobre como é, ela e o príncipe tem inúmeros obstáculos pela frente.

Enquanto isso na vida real, a adaptação cinematográfica do filme continua, e Amelie se apaixona por Chris Martin, o ator que fará o papel do príncipe, que é também seu maior ídolo. Ele é charmoso, fofo, carinhoso, mas é uma celebridade, então seu romance é tão improvável quanto o de Beth. Enfrentando a inveja de colegas de elenco, como a irritante Mary Jane que fará Beth Levitt no filme, Amie sofre um bocado, mas o final eu garanto que é incrível!

Todas as dificuldades, prazeres, todo o mundo das celebridades foi cuidadosamente introduzido na história, eu mesma me senti dentro do set de filmagem de tão detalhadas que foram as gravações das cenas do filme, vemos a evolução da protagonista, que é forçada a mudar completamente seu estilo de vida, abandonar suas irmãzinhas de orfanato e partir em busca do seu futuro, pois uma chance como essa não aparece duas vezes.

Me vi sonhando com o filme, com o livro, com a adaptação cinematográfica, com Beth e seu príncipe, Amie e Chris, pois afinal isso é o que Sam faz com a gente, faz a gente sonhar. Cada uma de suas palavras é escrita estrategicamente para nos emocionar e nos inspirar. Adorei, super recomendo, e para todas as idades, desde as jovens sonhadoras até aquelas que precisam lembrar como é bom acreditar em contos de fadas. Como não dar cinco estrelinhas para um livro de Samanta Holtz? Eu leria até a lista de supermercado dessa guria! :)

"O tempo não apagou a essência bondosa que Amie trazia no coração. Continuou a ser a mesma garota doce que entrara por aquelas portas pela primeira vez. Com o passar dos anos, acabou compreendendo que não havia um parque de diversões além das nuvens. Porém, não deixou de acreditar que havia música, nem que ouviria um anjo chamá-la, quando chegasse a sua hora. Também compreendeu que Beth era uma personagem fictícia, mas não perdeu as esperanças de dançar nos braços de um príncipe, em um belo salão de festas.
Assim ela cresceu, meio menina, meio mulher, com o coração cheio de sonhos e da pureza que sua mãe lhe orientou a manter."

Sinopse: E se o seu maior desejo, de repente, se realizasse de um jeito que você jamais sonhou? Amelie Wood perdeu os pais aos doze anos e, desde então, vive em um abrigo de meninas. Com a chegada do seu décimo oitavo aniversário, ela vive agora o temido e esperado momento de deixar o lugar que a acolheu por toda a adolescência para enfrentar o mundo em busca de seus sonhos. Seu bem mais precioso é o velho exemplar do romance que sua mãe lia para ela, na infância. “Doce Acaso” contava a história de Beth Levitt, uma jovem que, como ela, amava o balé e tinha a vida transformada ao conhecer o príncipe Edward. Amie suspira ao reler incansavelmente aquelas páginas, imaginando quando o príncipe da vida real bateria em sua porta... Por isso, ao soprar as velas, não tem dúvida quanto ao seu pedido: “Quero ser Beth Levitt!”. Através de grandes coincidências e uma trajetória que ela jamais imaginaria, Amie se vê, de repente, no fascinante mundo do cinema, cara a cara com o príncipe mais lindo que sonharia encontrar e lutando para se esquivar da maldade de muita gente invejosa, contando, para isso, com sua melhor arma: um coração puro.

"Chris Martin, um dos mais badalados atores do cinema... interessado nela? Aquilo simplesmente não parecia possível, no mundo real.
Comprimindo um sorrisinho, Amie girou o pescoço e olhou para onde ele estava. Encontrou-o conversando animadamente com um grupo de pessoas que ela não conhecia. 
Era tão lindo, tão alegre... Tão perfeito! (...) 
Tratando-se de Chris Martin, era melhor tomar um cuidado especial. Gostar dele era fácil. 
Fácil demais."

7 comentários:

  1. Mari, ainda não li nada da escritora, mas só leio elogios ao trabalho dela, o que me deixa muito feliz, porque gosto de valorizar a literatura nacional. O livro já está na minha lista de próximas leituras.

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Querida Mari

    Que delícia chegar aqui e ler palavras tão lindas sobre meu livro!!
    Fico muito feliz que tenha gostado tanto da história! Obrigada por dividir sua opinião com os leitores do seu blog :D

    Beijos carinhosos,
    Sam <3

    ResponderExcluir
  3. Hey
    ah esse livro parece ser bem bonitinho, adoro a capa dele.
    Já está na lista, ainda mais pelo ator se chamar Chris Martin HAHAHA

    O Pássaro ainda lerei!
    Parabéns pela resenha.

    bjs e uma ótima semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece realmente ser ótimo, ainda não li nada da Samanta, mas já li resenhas incríveis sobre seus livros, tenho uma curiosidade imensa por eles!

    ResponderExcluir
  5. Oi Mariana,
    tudo bem?
    A Samanta é um amor de pessoa, muito fofa mesmo. Estou com muita vontade de ler esse livro, desde que a conheci. Todas as resenhas que eu já li, falam muito bem do livro.
    Adorei sua resenha também, conseguiu transmitir todo o sentimento que a leitura despertou em você. Fiquei com mais vontade ainda de ler.
    Tem sorteio lá no Cantinho, depois passa por lá e participa:
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/2013/10/resenha-do-livro-o-eterno-menino.html
    beijos.
    Cila- Leitora Voraz

    ResponderExcluir
  6. Oiee Mari, sua linda!!
    aaaah, que resenha linda, que vontade de ter meu Beth aqui, mas quer sabe? nem estou com inveja amanhã pego o meu com a Sam aqui em Santos :P
    menina, fiquei emocionada com O Pássaro e tenho certeza que o Beth vai me deixar como você!

    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  7. Oi.

    Ainda não li nem um dos livros da Samanta, mas espero poder lê-los logos, pois vejo que sempre falam super bem de todos.

    Parabéns pela resenha.

    Beijos Fê
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...