março 04, 2014

[Livros] Por Toda Eternidade - Kristin Hannah

Título Original: Fly Away
Autor: Kristin Hannah
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400
Gênero: Romance, Ficção
País: EUA
ISBN: 9788581633206
Classificação★★★★☆
_______________

Por Toda Eternidade, continuação de Amigas para Sempre é um livro sobre recomeços. Sobre como a perda de alguém que se ama pode fazer uma família se deteriorar.

[ATENÇÃO! Se você não leu o livro Amigas para Sempre não leia essa resenha nem a sinopse desse livro. Contém spoilers importantes sobre o livro anterior!] 

Após a morte de Kate, sua família se desintegra completamente. Tully começa a beber e se torna dependente de remédios. Johnny sente que falhou com Marah, e não consegue encarar o fato de não ter sido um bom pai para ela, ele também não consegue lidar com o fato de que Kate nunca mais vai voltar. Marah, que após a morte da mãe, passa a fazer sucessivas escolhas infelizes, desenvolve problemas psicológicos, foge de casa, usa drogas, se corta, mal sobrevive.

Sem Kate, a cola que unia todos juntos, nada mais permanece o mesmo. É como se todos estivessem perdidos e à deriva. O livro tem um tom bem depressivo e confesso que não li nos meus melhores momentos, então se estiver numa bad, recomendo uma leitura mais leve.

Extremamente focado em Tully e em como ela tem lidado com a morte da melhor amiga, vemos como sua carreira vai do estrelato ao fracasso em poucos meses. Tallulah Hart, a famosa apresentadora de tv, agora não tem emprego, não tem família, não tem mais nada. O fundo do poço é quando após abusar de medicamentos, Tully sofre um acidente e fica em coma. Ela passa a ver toda sua vida, os últimos anos e num emocionante reencontro com Kate pede desculpas à amiga por ter falhado com ela e sua família.

A jornada de Tully neste livro é emocionante. E se por diversas vezes ela me irritou no livro anterior, neste pude compreendê-la melhor. Inclusive sua mãe, 'Nuvem', tem um papel muito importante na história. Confesso que Kristin Hannah fez um excelente trabalho com essa personagem. Eu que antes a encarava apenas como uma mãe desnaturada, viciada e negligente, passei a entender alguns de seus motivos. E assim, Kristin nos mostra como julgar alguém sem conhecê-la pode ser cruel.

Narrando alternadamente os acontecimentos que se seguiram nos quatro anos A.K (após Kate), temos uma ampla visão de tudo o que aconteceu com cada um deles. E simultaneamente vemos a luta interna de Tully, para decidir o que fazer de sua vida.

Como eu disse anteriormente, o livro tem um quê de depressivo, ele nos leva literalmente ao fundo do poço junto com a família de Kate, pois às vezes, é preciso chegar ao fundo para poder subir de novo. Na minha opinião, a história de Tully e Kate poderia ter sido finalizada em Amigas para Sempre, eu não teria sentido falta de uma continuação. De qualquer forma é uma história bonita, sobre como encarar uma perda, a dor e a saudade.

"Não era o paraíso o que ele queria ver. Era o sorriso da sua esposa, e aquilo se fora para sempre. A vista não mudava nada." (p. 53)

Sinopse: Tully Hart é uma mulher ambiciosa, movida por grandes sonhos que, na verdade, escondem as lembranças de um passado de abandono e dor. Ela acredita que pode superar qualquer coisa ao esconder bem fundo os sentimentos de rejeição que carrega desde a infância... Até que sua melhor amiga, Kate Ryan, morre. Então, tudo começa a mudar para Tully, que se vê escorregando em um precipício cheio de memórias melancólicas e remédios para dormir... Dorothy Hart — ou Cloud, como era conhecida nos anos 1970 — está no centro do trágico passado de Tully. Ela abandonou a filha repetidas vezes na infância. Até que as duas se separaram de uma vez por todas.

Aos dezesseis anos, Marah Ryan ficou devastada pela morte da mãe, Kate. Embora seu pai e seus irmãos se esforcem para manter a família unida, Marah transformou-se numa adolescente rebelde e inacessível em sua dor. Tully tenta aproximar-se de Marah, mas sua incapacidade para lidar com os sentimentos da afilhada acaba empurrando a menina para um relacionamento infeliz com um rapaz problemático. A vida dessas mulheres está intimamente ligada, e a maneira como elas vão rever seus erros e acertos constrói um romance comovente sobre o amor, a maternidade, as perdas e o novo começo. Onde há amor, há perdão...

"Eis o que Kate nunca entendeu ou pelo menos nunca acreditou: de nós duas, eu precisava mais dela do que ela de mim." (p. 79)

11 comentários:

  1. Adorei sua resenha, muito boa a forma como você escreve.

    Beijinhos,

    http://resenhaeoutrascoisas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Mariana,
    Primeiro adorei seu blog, vi ele num grupo de blogueiros do face. Eu li esse livro antes de ler Amigas para sempre que terminei de ler ontem. Posso dizer que o ponto a favor é que temos uma visão diferente de Tully ao ler esse primeiro. Tanto é que não fiquei com raiva dela e sim pena. E o ponto contra é que realmente sabemos que Kate morreu por causa do câncer. Eu achei que o motivo delas terem se separado por um tempo era outro, mas entendo perfeitamente o porque Kate fez aquilo, a armação da Tully foi mesmo a última gota, mesmo que ela tenha perdoado depois. Digo com toda a certeza que a personagem que mais me cativou foi a Kate, sem ela o livro não teria me conquistado tanto. E a Dorothy me surpreendeu, de todas as personagens foi a que me fez pensar realmente o quanto as vezes não conhecemos uma pessoa. Tenho muito a falar de amigas para sempre e não sei se conseguirei colocar tudo que desejo na resenha que pretendo colocar ao ar hoje. Eu não achei o livro depressivo e sim incrível. Mas cada um terá uma reação e gostei da sua sinceridade. Bjus Elis!!!
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari,
    tudo bem?
    Nossa, eu li sua resenha do livro anterior e você gostou tanto do livro que estava com expectativas para esse também. parece ser muito pesado, muito triste, depressivo, como você mesmo citou. Uma pena.
    Mas ainda assim quero ler o outro que você recomendou tanto.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mari.

    Bom, já vi muitos comentários sobre este livro e estou super afim de ler.
    Espero gostar.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie :)
    Adorei a resenha ♥
    Mas não gosto muito de livros tão depressivos :/
    Não sei se leria.
    beijos
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi xará!

    Não li o livro anterior, mas acabei lendo a sua resenha desse porque sou curiosa HAHAHA E acabei me deparando com a morte de uma melhor amiga? Que coisa triste ): Parece ser beeeem depressivo, e eu não sei se leria, pois além de não ser meu gênero preferido, acabo ficando depressiva pelos personagens também. Sou dessas. Mas aposto que por trás disso tudo tem uma lição muito bonita, esse que é o barato, livros que nos ensinam a ver o melhor de situações tristes.

    Beijos e bom fim de semana!
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie! Não sei por que mas esse livro não me chama a atenção de nenhum jeito! :/
    Bjs, me segue? se ja segue igonora e comenta por favor nessa resenha ajudaria muito: http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/03/a-aposta-o-jogo-de-seducao-esta-prestes.html

    ResponderExcluir
  8. Oiee minha amiga =)
    essa é uma série que quero ler e ainda não tenho nenhum ...
    Por sua resenha, que li mesmo não tendo lido os livro - mas nem ligo rs- creio que será livros que arrancarão lágrimas do meus olhos, já vou deixar os lenços separados, espero vim ler em breve.
    Beliscões da Máh <3
    Blog

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mariana!

    (P.S: Um detalhe que não tem nada a ver, mas quero comentar. rs. Se eu chegar a ter, em um futuro um pouco distante, umas duas filhas, o nome de umas delas será Mariana. <3 Acho o nome lindo! Uma mistura de ''mar'' e ''flor''. Pelo menos me parece assim).

    Olha, eu ainda não li 'Amigas para Sempre'. A propósito, quero muito ler. Você o leu pela Editora Novo Conceito? Quero saber um pouco mais dessa história de amor e amizade lindíssima! <3

    'Por toda a Eternidade' traz um pouco dessa ''nuvem pesada'' de dor, sofrimento e angústia. Algumas vezes é tenso demais, nos envolvemos demais como leitores! Mas é simplesmente lindo como a autora usa essa ponte de superação. São ações humanas, lágrimas humanas, perdas humanas... E é quando percebemos isso que nos damos conta de que não existe a tal ''felicidade eterna'', mas sim ''momentos de felicidade'' que devem ser eternizados. (:

    Muito bacana ler sua opinião e sugestão. Vou procurar ''Amigas para Sempre''.

    Beijos e beijos,

    ResponderExcluir
  10. Amei a leitura desse livro e eu não sabia do Amigas para Sempre que vem antes desse, descobri na livraria domingo passado e agora estou louca pra ler hehe

    bjos

    ResponderExcluir
  11. Oi adorei sua resenha!.. muito obrigado...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços.

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...