maio 11, 2014

[Livros] Querida Sue - Jessica Brockmole

Título Original: Letters from Sue
Autores: Jessica Brockmole
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Gênero: Romance, Ficção
País: EUA
ISBN: 9788580412635
Classificação★★★★★
_______________

"Encantador". É a palavra que eu usaria para descrever o livro Querida Sue. Jessica Brockmole nos apresenta uma história de amor e guerra. E o amor é um dos sentimentos que mais se intensifica em meio a esses tempos difíceis. É isso o que a autora explora, a distância, a esperança, a saudade.

O livro contado através de cartas é diferente de qualquer coisa que eu já tenha lido. Por vezes minha imaginação fez o livro tomar a forma de um envelope e eu me senti lendo as cartas de amor, de verdade. O livro me fez chorar e sorrir na mesma medida e posso garantir que é um dos melhores romances que eu já li na minha vida. É especial, diferente, tocante e extremamente bem escrito.

Em Querida Sue, nós iremos encontrar cartas, muitas cartas. O livro todo é escrito assim, não há narrativa direta, vamos aos poucos conhecendo a história de dois casais que se correspondem, em épocas diferentes, guerras diferentes. As diferenças entre as duas histórias são bem pontuadas pela autora e é possível identificar bem quando a fala é alternada de uma personagem para outra.

Em 1912, Elspeth Dunn começa a se corresponder com um leitor, sua poesia encantou David, um jovem americano sonhador. Elspeth é reclusa e mora numa pequena ilha na Escócia, apesar de escrever poesias, ela não tem grandes ambições e nunca sonhou muito alto. Não antes de receber o primeiro envelope de um americano que diz ser seu fã. 

Os dois começam uma bela amizade, uma vez que a poetisa é casada, mas aos poucos descobrem que não se pode mandar no coração e as belas cartas se tornam um caso de amor à distância. Além do impedimento visível que é ser casada, há também entre os dois a Primeira Guerra Mundial, tempos em que ninguém estava seguro, em especial nenhum coração.

Em 1940, Margareth, a filha de Elspeth, começa a viver sua primeira história de amor. Apaixonada por seu amigo Paul, ela promete se corresponder com ele durante a Segunda Guerra. Apavorada, com medo de que a história se repita, Elspeth tenta alertar a filha do quanto um amor em tempos de guerra pode machucar alguém. Sem querer, Margareth encontra uma carta endereçada à uma pessoa chamada Sue. Ao ver a filha com essa carta nas mãos, Elspeth desaparece. A menina começa então uma jornada em busca dos segredos da mãe e talvez dela mesma.

As personagens criadas pela autora são impecáveis, cada característica e emoção faz com que o leitor possa se sentir parte da história, descobrindo junto com Margareth, a história das cartas de Sue. Vocês vão se apaixonar e confesso que molhei algumas cartas com minhas lágrimas, espero que Sue não se importe. "Aí está você." é o "okay.", o "always." e o "eu te amo." de David e Sue. Incríveis, sensíveis, comoventes, essas cartas precisam ser lidas.

"Uma parte de mim começou a tentar fugir no dia em que se iniciou esta outra guerra, que começou a urrar para sair agora, que você correu ao encontro do seu soldado. Eu devia ter lhe contado. Devia tê-la ensinado a proteger seu coração. Ensinado que uma carta nem sempre é apenas uma carta. As palavras na folha são capazes de inundar a alma. Ah, se você soubesse... (Mamãe)." (p.18)

Sinopse: Março, 1912: A jovem poeta Elspeth Dunn nunca viu o mundo além de sua casa, localizada na remota ilha de Skye, noroeste da Escócia. Por isso, não é de espantar a sua surpresa quando recebe uma carta de um estudante universitário chamado David Graham, que mora na distante América. O contato do fã dá início a um intercâmbio de cartas onde os dois revelam seus medos, segredos, esperanças e confidências, desencadeando uma amizade que rapidamente se transforma em amor. Porém, a Primeira Guerra Mundial força David a lutar pelo seu país, e Elspeth não pode fazer nada além de torcer pela sobrevivência de seu grande amor. Junho, 1940, começo da Segunda Guerra Mundial: Margaret, filha de Elspeth, está apaixonada por um piloto da Força Aérea Britânica. Sua mãe a alerta sobre os perigos de um amor em tempos de guerra, um conselho que Margaret não quer ouvir. No entanto, uma bomba atinge a casa de Elspeth e acerta em cheio a parede secreta onde estavam as cartas de amor de David. Com sua mãe desaparecida, Margaret tem como única pista do paradeiro de Elspeth uma carta que não foi destruída pelas bombas. Agora, a busca por sua mãe fará com que Margaret conheça segredos de família escondidos há décadas. Querida Sue é uma história envolvente contada em cartas. Com uma escrita sensível e cheia de detalhes de épocas que já se foram, Jessica Brockmole se revela uma nova e impressionante voz no mundo literário.

"Bem, Sue, estou com medo. Pela primeira vez na vida, estou realmente com medo de uma coisa palpável. Senti-me ótimo na viagem de navio para cá, até ansioso pelo que me esperava na França. Mas o que me passou despercebido foi o que eu encontraria em Londres. Encontrei algo para o qual vale a pena voltar. Encontrei você, Sue." (p. 111)


16 comentários:

  1. Mari, você foi indicada para uma tag lá no blog, espero que goste.
    http://heybooks.blogspot.com.br/2014/05/tag-conhecendo-blogueira.html
    Caso já tenha respondido essa tag desconsidere...
    beijos e adorei sua resenha, pena que não gosto muito de romances românticos ;)

    ResponderExcluir
  2. Nossa Mari, depois dessa resenha apaixonada não tem como não quer ler esse livro... Principalmente se amar romances como eu rss. Nunca li livo neste formato de cartas, acho que pode atrapalhar o ritmo da leitura. Isso acontece nesse livro?

    Bjs
    http://expressaomodaeliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ai Mariana, tô tão curiosa para ler esse livro, que você não tem noção! Já li algumas resenhas e todo mundo que leu amou a história. Pedi o meu em parceria com a Arqueiro mais ainda não chegou :(.
    Parece que quanto mais ansiosa eu fico mais tempo passa e o livro não chega. Espero receber ele em breve e amar a história assim como você!

    Beijão :*

    http://justonemomentt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, Mari, adorei a sua resenha. Acho que também nunca li um livro assim, contado através de cartas, embora tenha adquirido um que acredito ser mais ou menos assim recentemente. Adoro romances e adoro guerras, então a combinação não pode ficar melhor.

    E como é um dos melhores romances que você já leu na sua vida, não podemos simplesmente desconsiderar, não é? rs Adorei a capa e adorei os trechos que você postou. Estou adicionando a minha (imensa) wishlist rs!

    E sobre "O lado mais sombrio", passe ele na frente sim, você não vai se arrepender. Depois me diga o que achou, hein!! Beijooos!

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  5. Os livros da Arqueiro ( a maioria que li. estão sendo todos encantadores.) tem conquistado cada vez mais espaço no mercado,.
    Eu tenho esse livro mais ainda não o li. Pela sinopse já da para saber que é um livro lindo.
    Adorei a resenha,.
    Passando para desejar boa semana!

    Bruna Marie - WTF.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mari.Tudo bom? É uma história bem diferente para mim; sou bem nova nesse mundo de leituras românticas. Não posso dizer que amo este tipo de leitura, mas também não posso dizer que não gosto.
    O único livro que li, contado através de cartas, foi As vantagens de ser invisível, que hoje é um de meus favoritos!
    O que também me atraiu bastante nessa história é o fato deles incluírem o assunto das Guerra Mundias. Esse assunto sempre me chama atenção!
    Beijos,
    http://entreeleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Oie :)
    Ameeeei a resenha ♥
    Gostei bastante premissa do livro!!
    Nunca li nenhum livro totalmente contado através de cartas. Achei isso bem interessante!!
    Fiquei bem curiosa. Já está na minha listinha de desejados!!
    Bj bj
    http://cupcakedeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Gente miga, que livro lindo,chega a ser até indecente de tanto que me despertou o interesse em ler, pode me mandar pelo correio ta?Resenha impecável.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mari! Como vai?
    Admito que não tinha me interessado pelo livro de cara. Tá, o que eu sabia sobre ele? Que eram cartas. Só. Olha, eu preciso parar de julgar e ler mais resenhas. Gente, parece ser muito bom! Amo romances, cartas e etc. Esse livro parece ser muito bom, assim como vários que a Arqueiro está publicando. Quero ler algum dia <3
    Beijos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Fiquei curiosa por esse livro,
    mas acabei solicitando outro em seu lugar, agora estou esperando
    ele aparecer por aqui em minha cidade para que eu possa lê-lo, que bom que gostou do livro.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Hey
    A história parece ser bem encantadora mesmo.
    O fato de ser divida em cartas me deixou bem curiosa.
    Confesso que pela capa não me interessaria mas ando lendo umas resenhas bem bacanas, inclusive a sua, sobre que ♥

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  13. Oi Mari

    Esse livro parece ser de uma beleza tocante e muito emocionante. Porém, o fato de ser todo escrito em forma de carta me incomodou um pouco. Não sei se conseguiria me adaptar a uma história assim, mesmo que a escrita da autora seja boa. Gosto de diálogos, gosto muito, mas pela sua resenha vale a pena dar pelo menos uma chance.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  14. Primeira resenha que vejo e posso dizer que fiquei com vontade de ler!
    Adoro livros com cartas, isso me atrai tanto.
    Os quotes são incríveis também
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  15. Livro escrito em cartas? Isso me lembra muito "As Vantagens de Ser Invisível". Amo livros que tem alguns aspectos diferentes, sejam na história ou na organização dessa.

    Beijos,
    Juan Silva - http://asasliterarias.com/

    ResponderExcluir
  16. Olá Mariana,

    Esse livro esta na minha lista de desejados, a cada resenha que leio fico mais curioso e minha vontade de ler só aumenta, gosto do estilo de leitura....parabéns pela resenha e pelo blog, seguindo aqui e obrigado pela visita no blog e por seguir também, tem resenha nova no blog....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...