fevereiro 12, 2014

[Livros] Extraordinário - R. J. Palacio

Título Original: Wonder
Autor: Intrínseca
Páginas: 320
Gênero: Drama, Romance
País: EUA
ISBN: 9788580573015
Classificação★★★★★
_______________

Extraordinário. É isso. Essa é a palavra que resume o livro de R.J. Palacio. Depois de ouvir maravilhas sobre a história do pequeno Auggie, decidi conhecê-lo melhor. E não é que me encantei por esse garotinho incrível? Seu bom humor é contagiante e nos faz entender como a vida é perfeita, seja ela como for. E como devemos ser gratos pelo que temos, pois Deus coloca na nossa vida o essencial para sermos felizes, só depende de nós saber aproveitar isso.

Nosso protagonista nasceu com uma síndrome rara, na verdade, com a junção de duas síndromes raras. O que faz dele um milagre, também faz dele diferente. E não é de um jeito bom. Seu rosto, mesmo após inúmeras cirurgias tem uma aparência nada convencional. E o menino não consegue ter uma vida normal, pois todos o tratam como se ele fosse uma aberração.

Mas Auggie tem a sorte de ter nascido numa família amorosa, seus pais, sua irmã e sua cadela Daisy, o amam, da forma que ele é. E o protegem de tudo e de todos. Na verdade, o tratam como um bebê, a mãe sempre o ensinou em casa, desde pequeno e assim ele quer que seja, para sempre. Mas seus pais decidem que August deve entrar na escola, como todos os garotos de sua idade. Ele estará sozinho, no quinto ano, com crianças que são bem diferentes dele. Crianças que sabem ser cruéis.

Daí para a frente, vamos entendendo um pouco sobre como é ser August Pullman. Sobre o preconceito, bullying e falta de informação das crianças e dos pais. Nosso pequeno extraordinário sofre muito com as piadas, brincadeiras e com a reação das pessoas a ele. Ele tenta sempre enfrentar tudo com bom humor, ou ignorando os colegas babacas que riam dele o tempo todo, (esses me irritaram a ponto de eu querer entrar no livro e socar a cara deles) mas nós sabemos que nem sempre é assim tão fácil.

Depois de alguns meses, Auggie acaba começando a gostar da escola. Ele até faz alguns poucos amigos. Amigos que não se importam com sua aparência, que gostam dele, independente de qualquer coisa. Summer e Jack Will provam que são duas crianças adoráveis e dignas, pois enfrentam os olhares e xingamentos de toda a escola, apenas para sentar ao lado de August.

Entre muitos momentos emocionantes, desejei ser amiga dele também. Algumas vezes, eu imaginava como seria difícil ser assim. Já é tão difícil enfrentar o ensino fundamental, pensei como seria enfrentá-lo sendo assim tão diferente. Ele se descreve como sendo mais do que feio, assustador. E é o que os outros pensam, todos os outros que não o conhecem. Talvez todos nós ficássemos chocados com sua aparência, mas por que continuaríamos chocados ao vê-lo todos os dias?

A narrativa flui muito bem e a autora intercala os pontos de vista de vários personagens. Assim, podemos ter uma visão mais ampla da vida da família Pullman e da adaptação de August na escola. Os dramas, os medos, o sofrimento, é possível acompanhar tudo sob diversos aspectos, entendemos como cada um à sua volta se sente e como algo assim pode afetar todos ao seu redor. E isso só torna a história mais rica. Mais extraordinária. Recomendo muito!

"Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham extraordinário. Talvez a única pessoa no mundo que percebe o quanto sou comum seja eu. Aliás, meu nome é August. Não vou descrever minha aparência. Não importa o que você esteja pensando, porque provavelmente é pior." (p.11)

Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.

"Não, não é tudo um acaso. Se fosse, o universo nos abandonaria à própria sorte. E o universo não faz isso. Ele cuida das suas criações mais frágeis de formas que não vemos. (...) Talvez seja uma loteria, mas o universo deixa tudo certo no final. O universo cuida de todos os seus pássaros." (p.210)


21 comentários:

  1. cara definitivamente esse livro é muito lindo ;;
    http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Pretendo ler esse livro mas não agora.
    Eu fico com receio desses dramas, tenho medo de chorar -q hahaha
    Mas esse certeza que irei, lendo sua resenha já me identifiquei com algumas coisas.
    Época de escola é triste..

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. O livro resenhado não é um gênero que eu aprecie muito, mas gostei de sua resenha e do seu simpático blog. Lembra o diário das moças de uma época não muito distante e das revistas que se publicavam então. Voltarei outras vezes para continuar a ler suas resenhas. Congratulações.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é maravilhoso né?
    Eu acho que foi o melhor que li esse ano *-*

    Beijos da Di
    Parte de Minha História
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mari!
    Já vi tantas resenhas positivas desse livro que vou ter que comprar! hehe
    Com certeza é uma história para tirar várias lições importantes, principalmente: não julgue um menino pela cara :)
    Prevejo que vou chorar muito quando ler hehe

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mari! Como vai?
    Comprei esse livro em dezembro, entretanto não tive tempo para lê-lo. São taaantos em minha lista... Espero poder fazê-lo o mais rápido possível. Ah, acho que o Ensino Médio é pior que o Fundamental '-' Enfim, deve ser difícil ter algum tipo de doença e viver na sociedade super preconceituosa que temos. Auggie parece ser, assim como seus amigos, uma criança incrível. Ou melhor: extraordinária.
    Beijos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. To com ele há tempos pra ler, mas sempre acabo começando outro antes :(

    http://loucasporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie! Estou louca para ler esse livro!!!!
    Bjs, comenta por favor nessa resenha ajudaria muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/02/perfume-de-hotel-nova-iorque.html

    ResponderExcluir
  9. Oi xará!

    Eu estava lendo na mesma época que você. Você postava no instagram e eu acompanhando hihi Eu adorei esse livro! Achei que seria uma leitura difícil, que ia ter muito bullying e tal, mas foi totalmente ao contrário. R.J. Palacio consegue descrever tudo com uma leveza que poucos conseguem. Ela dá vida a um Auggie que inspira as pessoas a continuarem vivendo, seja qual for sua dificuldade, muito lindo mesmo :')

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Como sempre neh!!! Resenhas maravilhosas... Não é a toa que tive que sair correndo para lhe entregar o livro rsrsrs
    Vc sabe que sou extremamente visual!!! E o que me chamou atenção foi o desenho da capa! Pude perceber que tem muito haver com a história! Super interessante por :D
    Beijos
    Ariana Silva
    http://ariabooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu sou louca para ler esse livro!!!
    Está na minha lista de próximas aquisições!!!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari, terminei de ler esse livro essa semana e até agora não sei como escrever uma resenha tão legal a altura do extraordinário Auggie. Durante todo tempo fiquei imaginando o quanto é difícil viver com todo o preconceito, a família também sofre bastante.
    Uma história maravilhosa.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  13. Oie :)
    Ainda não li esse livro, mas ainda pretendo ler.
    Só que estou adiando e adiando porque sei que vou chorar.
    Não gosto muito de livros tristes, maas como ele foi muito recomendado, pretendo ler *-*
    Beijocas e adorei a resenha ♥
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Mari, como vai?
    Não li este livro ainda; Mas tanta gente fala tão bem dele, que tá na hora de comprar ahaha
    vi muitas resenhas positivas, e a história me atraiu também ;)
    Abraços!

    http://incriativos.blogspot.com.br/2014/02/seminario-dos-ratos-lygia-fagundes.html

    ResponderExcluir
  15. Oi Mariana,
    tudo bem?
    Fiquei impressionada com esse garotinho, quando ele falou: "não vou descrever como eu sou, pois não importa o que pense, eu sou pior", meu coração ficou partido. Mas concordo com você, o impacto é só no primeiro dia, depois não tem porque continuar com essa reação. As crianças sabem ser cruéis as vezes.
    Já estava na minha lista, espero ler em breve e descobrir esse garotinho extraordinário!!!!
    Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://www.cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Mariana, tudo bem?

    Todo mundo fala bem desse livro, mas eu nunca tive vontade de ler.
    Não sei se algum dia terei. Quem sabe?

    Beijinho.

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
  17. Esse livro está na minha lista TOP, amei a resenha. Espero ler ele logo, a história, o August, os outros personagens, estou louca para conhece-los. E pela sua descrição do protagonista, já sei que vou amá-lo a partir do primeiro momento! <3

    ResponderExcluir
  18. Olá!!

    Tudo bem??

    Fiquei curiosa com o livro agora. Parabéns pelo blog!

    Beijinhos ;*
    http://resenhaeoutrascoisas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Concordo em número, gênero e grau com você Mariana.
    Quando terminei o livro só conseguir pensar no quanto ele é Extraordinário.
    August nos ensina muitas coisa nesse livro. Acho que todas as crianças deveriam lê-lo. Tipo, como livro didático? Entender como o outro se sente pode ajudar um pouco na relação deles, principalmente com o bullying.

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  20. Livro perfeito! Sua resenha está incrível, parabéns.
    "Extraordinário" faz nós pensarmos na nossa vida, o como ela é difícil, e o quanto poderia ser pior... Agradecer por tudo que temos, e parar de reclamar tanto.
    Eu adoro a Via, me identifiquei bastante com ela, e a escrita da autora para cada personagem é diferente, mas prende mesmo assim!
    Beijos, Nat

    www.nossosmundos.com

    ResponderExcluir
  21. Livro perfeito, resenha perfeita <3 parabéns :D

    http://dicassliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...