fevereiro 24, 2014

[Livros] Tempo de Mudanças - Lisa Jewell

Título Original: The Making of Us
Autor: Lisa Jewell
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352
Gênero: Romance, Ficção
País: Reino Unido
ISBN: 9788581632858
Classificação★★★★☆
_______________

Tempo de Mudanças foi uma adorável leitura desse mês de fevereiro. O lançamento publicado pela Editora Novo Conceito traz a história de três pessoas. Desconhecidos que estão ligados pelo maior dos elos: o sangue. Eles foram concebidos por inseminação artificial e possuem o mesmo pai biológico. Mas eles não sabem disso.

No começo da leitura eu estava um tanto confusa, pois a autora alterna na narração dos capítulos a história de cada personagem e me vi tendo dificuldade para lembrar quem é quem. Além do mais, o primeiro capítulo, até grande parte do livro, se mostra desconexo. Só no final é explicado, e passa a fazer sentido.

Na história conheceremos Daniel, um homem solitário que possui câncer em fase terminal. Quando jovem, Daniel doou seu esperma em troca de dinheiro para uma clínica de fertilização. Essa doação gerou a vida de quatro crianças, que nunca souberam da existência uma da outra. Crianças que cresceram em famílias diferentes, que nunca se encaixaram com seus pais de criação e nunca entenderam o porquê.

Num certo ponto da vida de cada um, eles descobrem que foram concebidos de maneira não-convencional e passam a questionar suas próprias vidas. Quanto de tudo o que eles viveram com os próprios 'pais' era verdade? Em meio à crises pessoais, desencontros, medos, os três estão confusos. São adultos, mas se sentem como crianças órfãs e perdidas.

Enquanto isso, Daniel faz uma amizade que mudará toda a sua vida. Maggie, uma senhora que se apaixona por ele, descobre sua história e diz estar disposta a reunir seus filhos, pelo menos para que ele veja que não viveu em vão, que gerou vidas e que fez algo de bom. Ela parte então, numa jornada de busca por esses filhos perdidos que vai mudar a vida de todos eles.

O livro de Jewell é bem escrito, cativa e emociona. A história dos irmãos é muito bonita, cada um com seus defeitos, seus problemas, tenta se encaixar, tenta encontrar alguém que os entenda. E quando descobrem que tem alguém aí fora, parecido com eles, as coisas parecem fazer sentido. Mais uma vez não gostei do título brasileiro, bem diferente do original, algo como 'A Criação de Nós', que teria muito mais a ver com a história.

Recomendo a leitura, é uma história gostosa de ler. Que pode pedir uma atenção a mais, por conta do número de personagens principais, mas que vai conquistar vocês.

"Foi nessa manhã que Glenys Pike decidiu que desejava um bebê mais do que um homem. Foi nessa manhã que Glenys Pike decidiu que faria tudo sozinha." (p. 13)

Sinopse: Em um hospital em Bury St Edmunds, Daniel Blanchard está morrendo. A amiga Maggie May é sua companheira nesta jornada até o fim: senta-se ao seu lado todos os dias, segurando-lhe a mão e ouvindo histórias de sua vida, seus arrependimentos e seus segredos: os filhos que nunca conheceu e que, provavelmente, nunca conhecerá. Lydia, Dean e Robyn não conhecem o pai e também não se conhecem. Ainda... Todos eles estão passando por uma fase de mudanças e de dificuldades: Lydia carrega as cicatrizes de uma infância traumática e, embora seja rica e bem-sucedida, sua vida é solitária e confusa. Dean é um jovem sobrecarregado por uma responsabilidade imprevista, cuja vida está indo para lugar nenhum. E Robyn começou a faculdade de medicina, mas sente que alguma coisa não está certa. Três jovens com histórias muito diferentes, mas que se sentem igualmente perdidos e à procura de alguma coisa, como se faltasse um elo para dar sentido às suas vidas. E então, quando eles percebem que seus caminhos estão se cruzando, tudo começa a mudar...

"Esperava que soubessem quem eram e de onde tinham vindo. Esperava que encontrar Daniel fosse apenas o coroamento de uma existência perfeita e não o último degrau de um longo e doloroso percurso para o autoconhecimento. Ela tinha dado início a um processo em seu computador, um processo que poderia terminar em qualquer lugar. Tinha aberto a caixa de Pandora." (p. 185)

Fonte:EditoraNovoConceito|Skoob

9 comentários:

  1. Oi Mariana,
    tudo bem?
    Quero muito ler esse livro. Eu adorei a capa e a sinopse já tinha chamado minha atenção. Por suas palavras vejo que o livro lhe cativou e conta uma linda história!!! Já estou apaixonada por essa senhora e ansiosa para participar dessa busca.
    Beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari, confesso que fiquei receosa quando você diz que a leitura é um pouco confusa no início por causa do número de personagens. Não curto livros assim, eles se arrastam mais do que deveria e eu sempre me confundo e tenho que voltar páginas.
    Espero poder ler em breve. A temática é muito interessante e eu fiquei bem curiosa. Tomara que eu goste.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  3. Oi xará, tudo bem?

    Menina, eu não sou fã de romances, mas esse me deixou com uma pulga atrás da orelha. Quero ler, mas fico meio desconfiada. Não é minha maior prioridade, mas acho que no futuro darei uma chance. Eu adoro quando o início da história é desconexo, sou a única? haha Acho legal quando algo é só explicado no futuro e encaixa direitinho com a história.

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie! Gostei do titulo e da capa! Vou procura-lo para ler!
    Bjs, comenta por favor nessa resenha ajudaria muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/02/nomade.html

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mari!
    Ai, não curti muito a história, pelo que você contou. Acho que o tema não me instigou uma grande vontade de ler. Mas sua resenha está ótima, bem explicadinha, como sempre :)

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. olá!
    a história me pareceu um pouco confusa, mas me chamou a atenção por ser bem complexa, portanto, acho que é bem trabalhada. me deu vontade de ler!

    http://resenhaeoutrascoisas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oii!!

    Como você disse, a história parece ser bem confusa, mas eu gosto disso hahaha. Assim que der vou ler :)

    Beijinhos
    http://resenhaeoutrascoisas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Alguem que me entende! Eu raramente gosto dos títulos brasileiros, isso porque muitos são completamente diferentes dos originais. O que tira todo o sentido do título, enfim.
    Pelo título e pela capa eu não imaginava nada nem próximo do que ele é. Achei a premissa tocante e emocionante. Pelo que você escreveu deu para perceber que o livro é exatamente isso, mas com um pouco mais de tristeza do que eu havia imaginado..

    Gostei muito da sua resenha Mari, e já estou na expectativa para poder lê-lo =)

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não havia lido nenhum resenha desse livro, mas desde que bati o olho nele tive vontade de lê-lo. Agora fiquei mais "querente" ainda rs
    Adoro um drama e acho que essa história tem isso em boa dose.

    Abraços,
    Tamara Costa
    http://www.doseliteraria.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...