dezembro 14, 2015

[Livros] Noites de Tormenta - Nicholas Sparks

Título Original: Nights In Rodanthe
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 176
Gênero: Romance, Ficção, Drama
País: EUA
ISBN: 9788580414653
Classificação★★★★☆
_______________

Noites de Tormenta é um dos livros mais fofinhos do Nicholas Sparks. Sua escrita água-com-açúcar que conquistou milhões de fãs é, mais uma vez, evidenciada neste romance e apesar de não surpreender, agrada por sua previsibilidade confortável. Com maestria, Sparks fala sobre o amor, a vida e as relações entre um e outro. O foco nesta história é o tempo e sua percepção, o fato de que um instante pode durar uma vida e um amor pode durar para sempre.

Narrando a história de Adrienne Willis, o livro retrata uma vida de dedicação aos filhos e o sofrimento pelo qual ela passou quando, após décadas de casamento, seu marido pediu o divórcio alegando ter se apaixonado por outra mulher. Sua vida previsível e estável, no entanto, esconde um segredo do passado. Um fim de semana em Rodanthe, um homem desconhecido e uma paixão avassaladora.

Paul Flanner sempre teve tudo o que desejava até que a vida lhe tomasse tudo. Após se separar da esposa e brigar com o único filho, ele perde uma paciente na mesa de operações. O cirurgião fica devastado e consumido pela culpa por ter cometido tantos erros com sua própria família e, enfrentando um processo pela família da paciente que faleceu em suas mãos, ele decide abandonar tudo o que tem e recomeçar sua vida. 

O que Paul não esperava era que no começo dessa jornada, ele fosse se apaixonar em um fim de semana. Ao se hospedar numa pousada no litoral da California, ele conhece Adrienne e enquanto se preparam para uma intensa tempestade que está por vir, os dois descobrem que o amor pode ser o abrigo que eles tanto procuram - metaforicamente ou não.

Anos depois, em forma de flashbacks, Adrienne compartilha esse segredo com a filha para que ela entenda que a vida, muitas vezes, nos leva a lugares aos quais nunca sonhamos ir e que o amor pode estar onde menos se imagina. Um fim de semana tempestuoso em Rodanthe foi o suficiente para que Adrienne conhecesse o amor de verdade e entendesse que um momento pode durar para sempre.

Um romance com protagonistas mais maduros, Noites de Tormenta se diferencia dos demais justamente por ser um dos únicos livros do autor que se encaixa fora da faixa "etária padrão" dos romances contemporâneos. Não chega a ser seu melhor trabalho, mas conquista como todos os outros porque se há algo que Sparks sabe fazer é conquistar corações e destruí-los no meio do processo. Cada um de seus livros é como uma noite de tempestade, que destrói corações mas é seguida de calmaria.

"Durante toda a sua vida correra para longe de alguma coisa, não na direção de alguma coisa e, no fundo do seu coração, sabia que tudo fora em vão. 
Estava com 54 anos e sozinho no mundo. Olhando para a faixa de asfalto vazia à sua frente, não pôde deixar de se perguntar por que correra tanto." (p. 32)

Sinopse: Há três anos, Adrienne Willis perdeu as esperanças no amor quando o marido a trocou por uma mulher mais jovem. Tendo que cuidar sozinha dos três filhos adolescentes e do pai doente, ela acha que nunca será capaz de recuperar a autoestima e a vontade de viver. Por isso, quando sua amiga Jean precisa fazer uma pequena viagem e lhe pede que tome conta de sua pousada, ela vê uma oportunidade para mudar de rotina. A previsão de tempestade iminente, no entanto, faz com que os próximos dias não pareçam muito promissores. Pelo menos até a chegada de Paul Flanner, o único hóspede com reserva para o fim de semana prolongado.

Aos 54 anos, Paul é um cirurgião bem-sucedido que enfrenta fantasmas parecidos com os de Adrienne. Nos últimos seis meses, a esposa pediu o divórcio e ele rompeu relações com o filho. Ao ver sua vida perder o rumo, Paul decidiu vender a clínica e a casa e ir à pequena cidade de Rodanthe para encerrar um doloroso capítulo de seu passado.

Logo Paul e Adrienne começam a descobrir suas afinidades e a se aproximar cada vez mais. Ao longo do fim de semana, a tempestade que toma conta de Rodanthe finalmente chega ao fim, mas o que nasce entre eles ressoará pelo resto de suas vidas, entrelaçando passado e futuro e dando um novo significado às palavras amor e perda.

"(...) As pessoas no fundo não eram muito diferentes umas das outras. Jovens ou velhas, homens ou mulheres, todas queriam as mesmas coisas: paz, uma vida tranquila, felicidade. A diferença era que as pessoas mais jovens pareciam pensar que essas coisas estavam no futuro, enquanto as mais velhas acreditavam que estavam no passado." (p. 133)

13 comentários:

  1. Olá!

    Um dos melhores livros do Sparks, com certeza! Li duas vezes e chorei as duas vezes, não acreditando no final. Mesmo ele tendo uma escrita previsível, o que abrilhanta esse livro não é o fim e sim os caminhos percorridos, são "os meios justificando os fins". Esse livro é maravilhoso e, provavelmente, o filme também seja.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nicholas é um mestre dos romances, que mesmo sendo água com açúcar, sempre nos faz emocionar e crescer junto. Adorei ler sua resenha e conhecer mais uma obra dele. Espero ler em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto bastante dos clichês do Nicholas Sparks, este é um livro que estou ansioso para ler, principalmente pois é o primeiro que vejo onde o abandono é da personagem feminina e não é obrigada a decidir entre dois amores. Gosto bastante do drama que Adrienne sofre por ter sido abandonada e agora tentar consertar a sua vida. Paul foi um personagem que achei meia boca. O que me interessa no livro é, também, a lição de vida presente, na verdade em todos os livros. Gostei!

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari, já li dois livros do Nicholas Sparks antes. São leituras agradáveis, mas nada de tão extraordinário assim. (Talvez eu não tenha gostado tanto por ser homem, hahaha). Ele realmente domina a escrita do gênero romance e tals, mas achei meio água com açúcar. Ainda assim talvez eu leia outro livro dele algum dia. Esse parece ser bom. Ótima resenha e abraços!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mari! Comecei ler este livro um bom tempo atrás, mas a narrativa do autor não me conquistou, claro que já li outras obras dele, porém essa realmente não é um de seus melhores livros.

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
  6. Já li vários livros do Nicholas Sparks e o homem sabe fazer a gente chorar e se emocionar com suas histórias de amor.
    Noites de Tormenta está na minha lista de futuras leituras , e não será a primeira obra de Sparks que os mocinhos são mais maduros, e estou ansiosa para ler mais esse livro do autor.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não consegui gostar do Sparks, mas juro que já tentei! Mesmo com as diferenças que você aponta na resenha, eu sempre fico com a sensação de estar lendo a mesma história... :(

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  8. Esse e o primeiro livro desse autor que me interessou e que pretendo ler com certeza, gosto de personagens mais experientes, e a trama desse livro parece ser linda, o romance que vai acontecer entre o casal vai ser muito amor, e isso me faz envolver com a leitura,espero poder ler logo esse livro.

    ResponderExcluir
  9. Genteee, minha melhor amiga é louca pelas obras do Nicholas, mas eu ainda não tive a oportunidade de conhecer nenhuma. Como, até pouco tempo, eu não era chegada em romances, achava que os livros dele não me agradariam. Eu não poderia estar mais enganada! Amei o enredo dessa história. Ele parece ser realmente envolvente. Achei interessante o fato de os personagens terem idades diferentes do que estamos acostumados a encontrar em romances. Com certeza é uma leitura que realizarei assim que tiver a chance. ♥

    ResponderExcluir
  10. Tenho uma fascinação por Sparks, o que confunde até mesmo a mim, visto que os elementos batidos e previsíveis sobre os quais ele assenta suas histórias são exatamente o que me afasta do gênero romance. Nicholas, no entanto, possui um modo de apresentar seus cenários, personagens e enredos que apaixona e comove e acredito que seja esse lado sentimental e psicológico que consegue mexer tanto comigo. Eu amei a capa desse livro, baseada no filme, e gostei dos personagens estarem mais maduros, como tu citou. Além disso, falar de amor é sempre um convite impossível de recusar!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Mari!

    Eu tenho uma relação de amor & ódio com os livros do Nicholas Sparks e, sendo bem sincera, parei de ler há algum tempo já. Em sua maioria as história são muito parecidas como você mesma disse acima. Acho que fiquei enjoada um pouco! HAHAHAHA

    Talvez mais para frente eu volte a ler, mas não estou muito animada ainda.

    Sua resenha está ótima, mas o livro não me chamou a atenção, talvez seja meu momento agora que não está muito na vibe desse tipo de romance. Hahaha

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu não sou fã dos livros do Nicholas Sparks, já dos filmes, pode apostar que eu adoro.
    Geralmente as resenhas que leio dos livros dele não me tocam, mas gostei da sua, senti uma 'vontadezinha' de ler, como se eu PRECISASSE ler o livro mais fofinho do Sparks, sabe?
    Gostei, quem sabe eu caia nessa tentação?

    ResponderExcluir
  13. Os livros de Nicholas Sparks são tudo de bom.
    Esse romance é muito fofo, que ler.

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...