janeiro 08, 2017

[Livros] O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares - Ransom Riggs (Lar da Srta. Peregrine #1)

Título Original: Miss Peregrine's Home For Peculiar Children 
Autor: Ransom Riggs
Editora: Leya
Páginas: 336
Gênero: Ficção, Suspense
País: EUA
ISBN: 9788544102848
Classificação: ★

_______________

O primeiro volume de uma série bastante peculiar, O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares é tão bizarro quanto interessante. Uma mistura de fotografias antigas - sem muita edição, o que é mais bizarro ainda - com ficção, Ransom Riggs criou um universo a ser explorado onde nada é convencional e isso é extraordinário. 

Meu primeiro contato com O Orfanato da Srta. Peregrine foi assistindo à adaptação cinematográfica - me julguem. Nunca havia me interessado pelo livro/filme, mas decidi ver na falta de melhores opções. Acabei me interessando por esses seres peculiares e o mundo que eles escondem, fui atrás dos livros e não me arrependi, as histórias são realmente diferentes de tudo o que eu já tenha lido. 

O autor tomou emprestadas diversas fotografias de colecionadores e se inspirou nelas para escrever uma série de livros nada menos que genial. Fotografias escondem segredos que nunca serão revelados, capturados num segundo e eternizados no papel. Ransom criou esses segredos e os contou para o mundo. 

Jacob é um garoto como qualquer outro - ou pelo menos é o que ele pensa. Seu avô, veterano de guerra, sempre lhe contou histórias de sua infância e elas incluíam um orfanato peculiar, quase mágico, onde viviam crianças com habilidades extraordinárias. As histórias do avô fizeram parte da vida do menino até que ele crescesse e começasse a questionar sua vericidade. E, assim, percebendo que o neto não acreditava nele, seu avô guardou seus segredos num baú. 

Esses segredos, no entanto, começam a vir à tona quando Jacob menos espera e, aos poucos, ele descobre que talvez as histórias que ouvia quando criança não fossem mentira. Com a ajuda de amigos bastante peculiares, o garoto terá que correr contra o tempo - literalmente - para proteger as pessoas que ama e continuar o trabalho de seu avô. A relação metafórica entre o nazismo e os monstros etéreos é assustadora e, na minha opinião, a grande sacada do autor.

Uma coisa muito incomum - e peculiar -, mas preferi o filme ao livro. Algumas cenas, em especial um telefonema dado por Abe, me comoveram e me encantaram bem mais do que as presentes na narrativa. As mudanças bruscas, incluindo trocas de protagonistas, feitas pela equipe de Tim Burton resultaram num filme pouco fiel à obra, mas muito fiel à seu espírito e isso é o mais importante. 

Por ser completamente diferente de qualquer livro que eu já tenha lido, O Orfanato da Srta. Peregrine tem um lugar no meu coração. É uma trama única em conjunto com uma seleção fotográfica incrível. Narrativa e diagramação se encaixam como se estivessem diretamente relacionadas e, confesso, eu não duvidaria se meu avô me mostrasse esses retratos, são absurdamente reais e bizarros. Há no mundo tanto a ser descoberto, desde fotografias antigas até mundos escondidos, afinal, somos todos um pouco peculiares. 

"Ele nunca mais veria a mãe, nem os irmãos mais velhos, nem os primos, nem as tias e os tios. Todos eles estariam mortos antes de seu décimo sexto aniversário, assassinados por monstros dos quais ele escapara por tão pouco. Mas não eram o mesmo tipo de monstro com tentáculos e pele podre, com o qual a mente humana de um menino de sete anos podia lidar. Eram monstros com rosto humano, em uniformes impecáveis e que marchavam em fileiras cerradas, tão despreocupados que não se percebia o que eram até ser tarde demais." (p. 13)

Sinopse: Milhões de cópias vendidas em todo o mundo! Traduzido para mais de 40 idiomas! Eleito uma das 100 obras mais importantes da literatura jovem de todos os tempos Tudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. 

A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas. 

“Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente. Estou ansioso para o próximo volume da série!” RICK RIORDAN, autor da série Percy Jackson e Os Olimpianos. “Um romance tenso, comovente e maravilhosamente estranho. 

"- Quem disse que estou presa? - Ela deu um suspiro. - Não. Na verdade, não. Só sinto falta dele, é tudo. 
- Ainda?
- Todo dia." (p. 218)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...