agosto 27, 2014

[Livros] A Elite - Kiera Cass (A Seleção #2)

Título Original: The Elite
Autor: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 360
Gênero: Ficção, Romance
País: EUA
ISBN: 9788565765121
Classificação★★★★☆
_______________

A Elite é a continuação de A Seleção. Neste segundo volume, veremos que América está mais indecisa do que nunca. Ela literalmente não consegue se decidir. Em alguns momentos ela suspira pelo príncipe Maxon, outros suspira pelo guarda Aspen. Confesso que a narrativa de Kiera é gostosa de ler e flui facilmente, mas a protagonista consegue me tirar do sério em boa parte do tempo com tanta hesitação.

Como eu cansei de dizer aqui e no instagram, eu sou #teamAspen pra sempre! Sim, eu sei que sou minoria (2%) e imagino que provavelmente Meri não fique com ele no final. Na verdade, suspeito que algo trágico aconteça porque só assim pra América se decidir. Mas nem por isso deixo de torcer pelo guarda mais fofo de todos os tempos. Não é que eu não goste do Maxon, porque ele também é uma fofura só, mas sei lá... o Aspen é mais! kkk

Em A Elite, conheceremos um pouco mais sobre Illéa, seu surgimento e alguns detalhes importantes para o desfecho da trilogia. O diário de Gregory Illéa é parte importante do livro, pois é uma das únicas provas históricas de como a nação foi formada. O livro tem um valor político muito forte, pois mostra um futuro para o qual nossa sociedade está caminhando lentamente. E se um dia todos os registros do nosso passado desaparecerem, nossa identidade também some, assim como nossa liberdade, dignidade e esperança.

É claro que o triângulo amoroso é o foco da história, mas não é por causa disso que este é um livro só para jovens leitores. Pelo contrário, como eu disse na resenha anterior, eu vejo muita semelhança entre A Seleção e Jogos Vorazes, porque o todo o enredo se dá em sociedades futurísticas, onde reina a desigualdade social e onde a esperança há muito foi esquecida.

Um dos pontos mais fortes desse livro é a revolta da minoria desfavorecida da população, os chamados rebeldes. Eles que sempre viveram à margem da sociedade, agora querem derrubar a monarquia e construir um país sem leis. Exatamente como estamos cansados de ver nos noticiários, esses extremistas buscam um ideal a qualquer preço, custe o que custar. E em meio a uma verdadeira guerra civil, a Seleção segue, como um pão e circo para entreter o povo e fazer com que os telespectadores vejam o que o palácio quer mostrar. Os paralelos com a nossa sociedade atual são evidentes e um livro como esses, é uma arma nas mãos dos jovens que souberem entendê-lo.

Neste segundo livro, América começa a perceber que não seria uma princesa, ou uma rainha tão ruim assim e que talvez Illéa precise de uma revolução, portanto, casar com o príncipe Maxon já não é uma ideia tão assustadora assim. Além disso, ele se mostra cada dia mais apaixonado pela garota, e a este ponto o príncipe já arrebatou seu coração. De qualquer forma ela ainda nutre sentimentos por seu primeiro amor, que agora luta (literalmente) para protegê-la.

Como eu disse, é uma decisão difícil e eu compreendo (compreendo, mas não aceito) a dúvida da protagonista. Como escolher entre duas boas - ótimas - opções? Só acho que se ela se importasse verdadeiramente com os dois não alimentaria esperanças e os faria sofrer. No fundo, vejo América como uma garota insegura e egoísta que precisa crescer no próximo livro se quiser mesmo fazer uma revolução. Como você acha que vai decidir o futuro da nação se não consegue decidir nem quem será o seu marido?

"Era impossível. Eu tinha que escolher. Aspen ou Maxon?
Mas como decidir entre duas boas opções? Como decidir se qualquer escolha deixaria parte de mim destruída? Me consolei com o pensamento de que ainda tinha tempo. Eu ainda tinha tempo." (p. 38)

Sinopse: A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Só uma se casará com o príncipe Maxon e será coroada princesa de Illéa. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Quando ela está com Maxon, é arrebatada por esse novo romance de tirar o fôlego, e não consegue se imaginar com mais ninguém. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protegê-la, ela sente que é nele que está o seu conforto, dominada pelas memórias da vida que eles planejavam ter juntos.

America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, perdida em sua indecisão, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher. E justo quando America tem certeza de que fez sua escolha, uma perda devastadora faz com que suas dúvidas retornem. E enquanto ela está se esforçando para decidir seu futuro, rebeldes violentos, determinados a derrubar a monarquia, estão se fortalecendo — e seus planos podem destruir as chances de qualquer final feliz.

"As coisas são assim. O céu é azul, o sol é quente, e Aspen ama América para sempre. O mundo foi feito para ser assim. De verdade, Meri, você é a única garota que desejei na vida." (p. 137)


12 comentários:

  1. Tenho essa opinião sobre a maioria das mocinhas de triângulos amorosos, elas geralmente me irritam também rsrs :p

    Parabéns pela resenha, muito boa!
    Acabei a seleção a pouco e logo começo a elite ^^.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari, tudo bem???
    Como eu quero ler essa trilogia!!!!!!!! Pena que ainda não tive a oportunidade.
    Você levantou tantos pontos na sua resenha!!!!! Essa questão da importância do livro me fez pensar. O que aconteceria se todo o acervo da nossa história desaparecesse? E a atitude dos rebeldes está certa?? O mal deve ser combatido com o amor, usar as mesmas armas os torna igual.
    Quanto a dúvida da personagem: Acredito que quando amamos, tudo no nosso mundo muda. O que a pessoa desperta é diferente do que todos antes despertaram. Por isso não entendo a dúvida da personagem. Dois homens a amam, os dois são bons, pessoas maravilhosas, mas não há como gostar de duas pessoas ao mesmo tempo. Você pode até amar duas pessoas, mas serão amores diferentes. No fundo, acho que a pessoa sabe quem é aquele, a sua outra metade.
    Talvez ela não queira escolher, pois não quer perder nenhum dos dois.
    Adorei sua resenha!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, quando comecei esta série a America irritava-me profundamente mas no final do ultimo livro ate que conseguiu cativar-me. Adorei a sua resenha :D
    O seu blog é espectacular, gostei imenso e já estou a seguir!
    beijo,
    Daniela

    http://ddocesonhadora.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não li nenhum livro da série. Não gosto quando a obra tem triângulo amoroso, mas fiquei instigada a ler justamente por não ficar o tempo todo apenas isso como foco

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    ResponderExcluir
  5. O interessante desse livro pra mim foi que ele respondeu algumas perguntas e trouxe outras, ale'm de dar pequenas pistas do que aconteceu depois


    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  6. Oi Mariana, tudo bem?!
    Eu li apenas o primeiro livro dessa série porque minha namorada só falava desse livro.
    Achei muito menininha, mas ela diz que nesse volume e no terceiro são mais legais para um garoto ler. Será?!
    Claro que eu li em e-book porque essas capas ninguém merece. Sim são lindas, mas para homem andar na rua não dá, rs rs.
    Ainda não sei se pretendo ler A Elite, mas pelo jeito, serei obrigado porque a Kiera vai lançar mais dois livros e minha namorada vai voltar a falar disso, hahahaha.
    Você me indicou Outland lá no blog para ver. Então, eu estou em um clima mais futuro distópico agora e Outland se passa no passado. Assim, vou passar! Mas, obrigado pela dica.
    Ah, Extant tem alienígenas, então, nem vale a pena você assistir, já que não é muito chegada.

    Beijão,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  7. Oiii Mariiii,

    Eu quero taaaaaaaaaanto, mas tanto ler que nem sei mais quanto tempo faz que quero. Mas não consegui comprar :(
    O livro parece ser incrivel, preciso muito *-* Gostei da resenha

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  8. Nhoi..

    Quero muuuiiiitooo ler essa série. Está virando uma febre entre todos na blogsfera e eu aqui só lendo as mais empolgantes resenhas e imaginando que assim que eu receber vou comprar PELO MENOS o primeiro livro!

    Beijoos

    Esses exemplos que você mostrou ajudam a dar ideias muito mais criativas do que se eu tivesse que pensar em tudo sozinha, por outro lado não tenho tanta habilidade com o desenho assim, mas em outras páginas essa habilidade não é tão necessária. Acho que toda a experiência se trata de desenvolver sua imaginação e enquanto faz isso se divertir!

    Beijos!

    Raíssa Martins - O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
  9. oi ^^
    Dá série esse foi o livro que eu menos gostei justamente por conta dessa indecisão de America, na verdade eu acho que ela já fez a escolha dela, mas fica insegura e prende o outro cara como um "estepe" caso as coisas não funcionem do jeito que ela quer. Mas ela fica mais decidida no próximo livro sim. Eu concordo que o livro tem essa parte política, dos rebeldes, que eu gosto muito, mas que eu acho que não é tão desenvolvida no próximo livro qnt eu gostaria...

    Tem postagem nova no blog!
    Espero você por lá!
    bjinhus

    Dudi

    ResponderExcluir
  10. Eu queroooooo *-*
    http://estantedorefugio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Olááá!
    ainda nao me motivei para ler essa trilogia!
    pelo que dizem, gira muito mais entorno dos conflitos amorosos de america do que de qualquer ponto 'distópico'.
    acho que iria me incomodar um pouco lendo, mas para poder saber tenho que ler de uma vez #tomavergonhadanacara!!!
    espero que no próximo volume ela realmente amadureça!

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
  12. Oie Mari!
    Como é maravilhoso poder dividir momentos maravilhosos literário com uma amiga! E este livro não foi de menos. Embora que ele expresse mais a parte da política de Ilhéa, até para que o leitor possa entender as escolhas escolhas e o peso que teriam suas consequências. Embora que América ainda fica naquilo,,, Aspen e Maxon, nos deixando irritados! Mas entendemos que ambos rapazes são de tirar o fôlego! Creio que foi o única trilogia YA que me envolvi muito ao ponto de querer bater na senhora Celeste, por exemplo.
    Neste livro, MEEEEUUUUUU DEEEUUUUSSS!!! Ainda bem que era ficção!
    Mas amei mesmo assim!
    Linda a tua resenha!
    Beijos
    Ariana Silva
    http://ariabooks.blogspot.com.br/2014/08/livro-elite-kiera-cass.html

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...