agosto 11, 2014

[Livros] Se Eu Ficar - Gayle Forman

Título Original: If I Stay
Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Gênero: Ficção, Romance
País: EUA
ISBN: 9788581635415
Classificação★★★★☆
_______________

Se Eu Ficar é um livro bonito, que fala sobre a vida e a morte de uma maneira singela e desapegada de concepções prontas. O livro está muito ligado à música e no decorrer da leitura você vê que a autora orquestrou bem toda a história. Equilibrando um enredo sólido numa bela melodia, Gayle Forman emociona, faz chorar e principalmente, pensar.

Toda a história gira em torno de uma escolha. Afinal, o que é a vida, senão múltiplas escolhas? Quanto podemos perder e ainda continuar apostando? Às vezes nossas fichas acabam, assim como nossas forças e esperança. O quanto podemos suportar de dor, o quanto devemos suportar? Todos esses questionamentos fazem da narrativa mais do que uma história de amor. 

A capa, o trailer da adaptação cinematográfica, a sinopse, tudo pode fazer com que o leitor ache que vai ler um romance daqueles melosos em que a mocinha tola se apaixona pelo mocinho badboy. Ao começar a leitura você pode até continuar pensando isso, mas depois de um tempo é fácil perceber que o romance não é o ponto central da história. O foco é a escolha de Mia. 

Após um acidente de carro que matou seus pais e possivelmente feriu seu irmãozinho, Mia percebe que está no hospital, em coma. Sua alma passeia pelo quarto e acompanha tudo o que acontece ao seu redor. Observar a vida de fora dela já é por si só algo incrível, mas além disso, ela ainda percebe que partir ou ficar só depende dela.

Os motivos para partir são muitos, desde as possíveis sequelas do coma até a dor da perda dos pais. Viver sabendo que eles já não estão com ela seria doloroso demais, especialmente depois de tudo o que ela viu. Assim como partir, deixando seu namorado Adam, seus avós e seus amigos. À primeira vista, parece ser uma decisão fácil de tomar e dependendo do ponto de vista as duas são bem compreensíveis. Toda escolha causa dor, toda escolha faz sofrer.

A narrativa alterna entre flashes do passado e o presente de Mia, já em coma. Vamos conhecer sua família e nos apegar a cada um dos membros da família Hall. Conhecê-los intimamente dá um aperto no peito e é fácil perceber como a escolha da protagonista é complexa. Enquanto isso, vemos como a garota se apaixonou pela primeira vez. Seu primeiro namorado, Adam (que também é músico) é o ritmo de sua melodia. Como ela poderia abandoná-lo, apagar uma história de amor que ainda está no começo.

Como eu disse no começo da resenha é um livro que nos faz refletir. Suas poucas páginas são carregadas de sentimento. Talvez o leitor sinta falta de um pouco mais de história, porque a trama não é complexa, toda a complexidade está na decisão de Mia. O que faríamos se tivéssemos que escolher? Que escolhas estamos fazendo em nossas vidas e se tudo mudasse agora, estaríamos satisfeitos com o que já fizemos? Emocionante e sincero. Gayle Forman traz música para os nossos ouvidos.

"(...) Uma agitação crescia dentro de mim. Pensei no diapasão que uso para afinar o violoncelo. Quando eu o utilizava, atingia notas de 'lá' - vibrações que aumentavam, aumentavam, até que a afinação harmônica atingia todo o espaço. Era isso o que o sorriso de Adam estava causando dentro de mim..." (p. 51)

Sinopse: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

"Não cabe aos médicos. Não depende dos anjos que não podemos ver. Também não depende de Deus que, se existir, está em algum outro lugar por aí neste momento. Só depende de mim.
Mas como é que eu vou decidir isso? Como é que posso ficar sem mamãe e papai aqui comigo? Como é que posso partir sem Teddy? Ou sem Adam? Isso é demais para mim. (...)
Sou eu quem está no comando. Todos estão esperando por mim." (p. 75)

11 comentários:

  1. Oi Mari! <3
    Comecei a ler ontem, estava super ansiosa aguardando o lançamento e agora estou adorando o livro! Tudo que tem o foco em "escolhas" acho que acaba mexendo mais com a gente e nos faz refletir né?
    Ótima resenha, como sempre! =)
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parece um livro muito bonito mesmo.
    Parabéns pela resenha ^^

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari, tudo bom? <3
    Estava super ansiosa pelo lançamento deste livro, mas quando fui comprar acabei optando por Carta de Amor aos Mortos... Mas ainda assim quero muito ler este livro, ainda mais agora que você falou que o enredo não gira somente em torno do romance, mas sim das escolhas de Mia. Que bom que você gostou da leitura! Adorei sua resenha, como sempre! Beijo,
    entreeleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. parece dramático, mas legal :\
    gostei da sua resenha bjoos
    Menina Flor

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari
    Que resenha linda e encantadora!!
    Já imaginava o quanto esse livro seria emocionante e sua opinião me fez ter certeza que os lencinhos que vieram junto com o livro serão muito úteis.
    Eu realmente achei que o romance seria o foco, mas espero que ele tenha uma abordagem especial.
    Acho que vou amar muito essa história, só espero que minha expectativa não estrague tudo.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  6. Esse livro me chamou muito a atenção porque, particularmente eu adoro histórias aonde a algo narra a história sem ser o personagem principal, eu gosto dessa coisa de vários "personagens falando" e mesmos endo a alma dela relatando o livro deve ser muito bacana a resenha me fez querer ele.

    XOXO :D
    Joven Clube | Clique aqui :)

    ResponderExcluir
  7. Oii Mari !!

    Eu quero muiito ler esse livro e assistir o filme. Quero ler antes claro *-*
    Espero ter em mãos em breve.
    Sua resenha está linda como sempre e só aumentou minha vontade de querer ler.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Mariana
    Eu já tinha visto essa capa várias e várias vezes e nunca tinha parado pra ler a sinopse nem resenha sobre ele.
    Mas agora me interessei por essa história no estilo "E se fosse verdade".
    Fiquei ansiosa em descobrir se ela vai ou não voltar a vida!

    Beijos

    O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
  9. oi ^^
    Minha amiga estava com esse livro para ler e falou que parecia interessante. Ela disse que tinha assistido ao book trailer e que a personagem tinha q escolher entre ficar e seguir sua vida na terra ou deixar esse mundo seguindo os pais. Eu li a sua opinião e acredito que vá amar esse livro, fico feliz de encontrar um livro que vá além do romance. Me lembrou muito de "Antes que eu vá". Se eu já tinha interesse agora está confirmado, vai para minha lista de desejados!
    ótima dica!

    tem postagem nova no meu blog
    espero sua visita
    abraços

    Hey Dudi!
    http://dudikobayashi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Marii, q quanto tempo eu não passo por aqui =D
    Eu sou apaixonada por essa capa.. e sim o trailler passa a impressão de ser um filme extremamente romântico. Curti sua resenha e ela já me preparou para o que eu vou encontrar nessas páginas =D

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  11. Ahhh sua resenha me deixou louca para ler kkk
    Parece ser incrível mesmo, seria muito louco ter que tomar uma decisão assim.

    ;*

    http://espeloteadaepatricinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...