janeiro 19, 2016

[Filmes] A 5ª Onda (Pré-estreia - Sony Pictures)


Ontem, (18/01), estive na pré-estreia oficial de "A 5ª Onda" no Shopping Eldorado em São Paulo. Representando o blog da minha amiga Thay, o Amiga da Leitora, pude conferir a incrível adaptação do livro de Rick Yancey publicado no Brasil pela editora Fundamento. 

Sinopse: A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas. Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta. Na segunda onda, um tsunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, os próprios alienígenas se infiltram entre os humanos restantes, espalhando a dúvida entre todos. Com a proximidade cada vez maior da quinta onda, que promete exterminar de vez a raça humana, a adolescente Cassie Sullivan precisa proteger seu irmão mais novo e descobrir em quem pode confiar.

Com um roteiro impecável, A 5ª Onda convence o espectador da real possibilidade da extinção humana, ainda que não por alienígenas, e faz com que reflitamos sobre nossa própria existência. Somos assim tão diferentes de seres gananciosos que estão dispostos a tudo para realizar seus desejos? 

Em um determinado momento do filme, um dos alienígenas diz algo muito interessante quando um humano pergunta o motivo de toda a destruição da raça humana em benefício próprio: "a sua própria espécie já fez isso centenas de vezes no passado". É, não podemos deixar de concordar com alguém que nos conhece melhor que nós mesmos.

Com fotografia e cenografia excepcionais, o filme dirigido por J. Blakeson tem um ar sombrio e escuro que transporta o espectador para essa Terra pós-apocalíptica onde sobreviver é um desafio. Carros abandonados, corpos amontoados e cidades dizimadas são apenas alguns dos elementos que compõe o visual devastador do longa. 

O filme tem muita ação e cenas repletas de adrenalina que, acompanhadas de uma trilha sonora genial, criam o clima de tensão característico da obra. A jovem Chloë Moretz - apesar de não estar em sua melhor atuação - convence como Cassie Sullivan. Apesar de não ser brilhante, atuando "sozinha" em grande parte do filme, Moretz é desafiada a expor as emoções da protagonista e surpreende. 

Com leves toques de romance e humor em meio às catástrofes que cercam a jovem Cassie, A 5ª Onda traz momentos descontraídos, típicos da vida de adolescentes normais. Afinal, o mundo pode estar acabando, mas os dramas adolescentes sempre tem espaço e isso foi retratado de maneira bem cômica. A leveza contrabalanceada com a densidade da trama trouxe um filme que agrada diversos públicos, em especial, os jovens.

Cassie só quer proteger seu irmão e vai desafiar tudo e todos para manter o pequeno Sam em segurança. Uma fofura, o personagem interpretado por Zackary Arthur é o tipo de garotinho que encanta todo mundo e convence qualquer um a enfrentar alienígenas por ele. 

Há um triângulo-amoroso - típico nesse tipo de ficção adolescente - mas que não é nada meloso, pelo contrário, é citado em momentos estratégicos e não chega a interferir no clima de ação. O misterioso Evan Walker - interpretado por Alex Roe - e um colega de Cassie na escola, Ben Parish - interpretado por Nick Robinson - , são as duas figuras que vão dividir a atenção da protagonista. Apesar de fazerem seu coração acelerar, nenhum deles, é claro, tira o foco da garota, afinal, ela tem consciência de que existem coisas mais importantes do que controlar um coração apaixonado. Mantê-lo batendo, por exemplo. 

Resumindo, A 5ª Onda é um filme intenso e que vai deixar os espectadores ansiosos por sua continuação. Efeitos especiais absurdamente incríveis transformam a devastação da Terra em algo possível de ser visualizado, e temido. O que nenhuma das cinco ondas pode destruir é a força e a esperança que mantém todos os seres humanos caminhando apesar de todas as dificuldades. Não existe no universo algo mais forte que o desejo que nós temos de viver.

Agradeço ao blog Amiga da Leitora por nos ter cedido esta oportunidade de representação, à Sony Pictures pela organização excelente e pelo patrocínio com direito a pipoca e refri para todo mundo e à rede Cinemark que nos recebeu para esta exibição. Muito obrigada, mesmo. Espero que vocês confiram o filme, está mais que recomendado! 

2 comentários:

  1. Mari, muito obrigado por ter ido representar o Amiga da Leitora <3
    Que bom que gostou do filme, eu estou louca para assistir, devo ir em breve.
    Gosto dos filmes da Chloe, mas fiquei com um pé atrás em saber que essa não foi uma das melhores atuações dela.

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari!!

    Estou lendo A 5ª Onda ainda, então vou assistir só depois que terminar o livro, mas estou bem ansiosa!

    Imagino que o longa deve ser muito bom mesmo. Adoro quando a história nos convence! :)

    E nada como ganhar o ingresso, né? Hahaha
    Que bom que se divertiu!

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...