janeiro 26, 2016

[Livros] O Jogo das Perguntas - Gregory Stock, Ph.D

Título Original: The Book Of Questions
Autor: Gregory  Stock, Ph.D.
Editora: Sextante
Páginas: 192
País: EUA
ISBN: 9788543101682
Classificação★★★☆☆
_______________

O Jogo das Perguntas é o tipo de livro que faz pensar. Com perguntas instigadoras, o Dr. Gregory Stock induz os leitores a olharem para si próprios e romperem seus paradigmas. As questões - ou melhor, suas respostas - refletem o comportamento do indivíduo e quando o livro (ou o jogo) é lido a dois, pode enriquecer e fortalecer bastante o relacionamento, possibilitando que ambos se conheçam melhor.

A temática desafiadora do livro atraiu minha atenção e me tornei adepta dos questionamentos propostos pelo Dr. Stock, todos os dias respondo duas ou três perguntas e, instantaneamente, avalio como as minhas respostas foram influenciadas pelo meio em que vivo ou pela minha formação e experiência pessoal. Não é um livro filosófico, mas pode instigar no leitor a filosofia.

Tenho postado algumas das mais de 290 questões do Jogo das Perguntas no Instagram e um dos meus seguidores, o @betocm1983, sugeriu que eu respondesse neste post alguns dos questionamentos durante a leitura. Obrigada, Beto, pela sugestão e, claro, adoraria compartilhar meu ponto de vista. Estendo também o convite aos leitores, deixem seus comentários ao final do post!

4 - Se você tivesse que escolher entre ser obcecado por dinheiro, sexo, esportes, religião ou comida, o que escolheria? 

Definitivamente, esportes. 

7 - Se você fizesse parte de um júri, iria condenar uma pessoa por algo que você não considera um crime?

Eu confio muito mais no meu discernimento do que em algumas das leis vigentes no Brasil. Com certeza ouviria a minha própria consciência e ela me ajudaria a tomar a decisão.

11 - Você engordaria 20 quilos e manteria esse peso durante três anos para ganhar 200 mil reais? 

Jamais, por valor algum.

26 - Se você ficasse preso em uma máquina do tempo programada para uma viagem só de ida para o passado ou o futuro e tivesse apenas 10 minutos para definir a data e o lugar, para quando e onde gostaria de ir? Por quê? 

Para o passado, entre os anos de 2007 - 2010, porque eu sinto saudade da minha adolescência, dos meus amigos e do tempo em que eu não tinha contas para pagar. Claro, também me apaixonaria de novo pelo Dan.

61 - Existe alguma pessoa que você inveja tanto a ponto de querer trocar de vida com ela se pudesse? Quem?

Eu "invejo" de maneira positiva, claro, atrizes de Hollywood. É o tipo de vida que eu gostaria de poder ter, aquele desejo bobo de criança que nunca vai se realizar, sabe? 

109 - Você e uma pessoa a quem ama muito são colocados em quartos separados, cada um com um botão ao alcance da mão. Vocês sabem que ambos serão mortos, a não ser que um dos dois aperte o botão dentro de 60 minutos. Também estão cientes de que o primeiro a apertar o botão salvará o outro, mas morrerá imediatamente. O que você faria?

Apertaria o botão, com toda a certeza. E o Danilo também (claro que já perguntei isso para ele). Apertaríamos juntos. Isso é meio Katniss e Peeta, eu sei. 
_____________________

O livro de Gregory Stock não é um livro comum e, por isso, esta não é uma resenha comum. Um desafio, um quiz ou uma brincadeira, O Jogo das Perguntas é um passatempo prazeroso que vai te instigar a questionar suas próprias opiniões.


4 comentários:

  1. Mari nao encontrei seu email por aqui...queria que fizesse uma resenha do livro Marianas...me escreva. jornalistacherri@uol.com.br bjao

    ResponderExcluir
  2. Mari nao encontrei seu email por aqui...queria que fizesse uma resenha do livro Marianas...me escreva. jornalistacherri@uol.com.br bjao

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mari!!

    Muito interessante esse conceito. Realmente são perguntas para se conhecer melhor, né?

    Vou te dizer que eu engordaria 20 kg e manteria por um ano para ganhar 200 mil, mas por três anos teria que ser uma quantia maior!! Hahahaha

    Bjs!!

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Também gosto da premissa desse livro, sempre fui acusada por meus amigos de ter uma pergunta para cada resposta. Um autor que estimula esse tipo de atitude diante da vida só pode ter minha consideração e respeito.

    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...