abril 26, 2016

[Resenha] After - Depois da Promessa - Anna Todd (After #5)

Título Original: After Ever Happy
Autor: Anna Todd
Editora: Paralela
Páginas: 448
Gênero: Romance, New Adult, Hot
País: EUA
ISBN: 9788584390007
Classificação★★★★☆
_______________

Depois da Promessa traz o desfecho intenso do casal mais problemático e psicopata da ficção e o faz deforma muito digna. É possível perceber amadurecimento, tanto nas personagens quanto na escrita de Anna Todd. Nada surpreendente, mas ainda assim interessante e cheio de reviravoltas, o último livro da série continua arrancando suspiros e, ao mesmo tempo, irritando o leitor. Essa característica antagônica tão marcante na narrativa de After - amor e ódio - se estende até o último parágrafo e mostra que muitas vezes os dois caminham juntos e se complementam.

Depois de um rastro absurdo de destruição, Hardin e Tessa finalmente  admitem que não fazem bem um para o outro. O relacionamento abusivo e problemático, embora consciente, tem feito com que eles se esgotassem e também às pessoas ao seu redor. Sem forças para insistir em algo que claramente traz mais malefícios que benefícios, o casal mais amado e odiado decide se separar. Essa separação, no entanto, pode ser ainda mais catastrófica do que eles imaginam.

O livro mais intenso e pesado da série, Depois da Promessa retrata um amadurecimento que eu não julgava ser possível para Tessa. Após uma série de acontecimentos traumatizantes, a jovem se vê no momento mais difícil de sua vida e é obrigada a ser forte para seguir em frente. Se já havia muita pressão psicológica sobre os ombros dos protagonistas, no desfecho da história de amor de Hardin e Tessa o que não podiam faltar eram conflitos psicológicos. 

O passado obscuro de Hardin e as consequências de uma série de reviravoltas que sua vida teve desestabilizam ainda mais o agressivo e violento garoto. Em surtos de raiva e descontrole, o protagonista diz e faz coisas absurdas das quais se arrepende depois. O diferencial é que Tessa cansou de sofrer por ele, ela desiste de tentar consertá-lo ao perceber que assim está despedaçando a si mesma.

Os livros são viciantes, os protagonistas enlouquecedores - em todos os sentidos -, a narrativa é fluida e a série é um retrato bastante fiel do amor real, aquele diferente dos romances e contos de fadas. Dizer que amo ou odeio a série After é impossível. Se há algo que aprendi com o lindo e problemático Hardin Scott é que ninguém é puramente uma coisa só. Somos uma mistura de experiências, sofrimentos, perdas e pedaços remendados e tudo isso é o que nos faz imperfeitos, inconstantes, únicos e humanos - seres amáveis e odiáveis ao mesmo tempo.

"- Pensei que a gente ia dar um jeito. Pensei que nosso amor fosse como os dos romances, um amor que, por mais difícil, repentino e complicado que fosse, sobreviveria a tudo e a todos e que viveria para contar a história.
- Nós podemos, podemos sobreviver! - ele diz com a voz chorosa.
Não consigo olhar para ele porque sei o que veria.
- Aí é que está, Hardin: não quero sobreviver. Quero viver." (p. 153)

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia.

Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história?

"Se soubesse que doeria tanto assim, se soubesse que o amor me rasgaria e me costuraria em seguida só para me deixar em pedaços de novo, eu teria ficado bem longe de Hardin Scott." (p. 200)

Cortesia:EditoraParalela

2 comentários:

  1. Ainda não li essa série, estou querendo bastante por ser inspirada em uma fanfic, amo livros que mostram o amadurecimento dos personagens, acho certo os próprios personagens reconhecerem que o relacionamento não está dando certo, assim acaba tudo sendo mais fácil, mesmo que depois um sinta a falta do outro, espero muito conferir a série

    ResponderExcluir
  2. Eu quase me sinto mal por ler resenhas assim e bem... Não sentir vontade alguma de mergulhar nesses livros.
    Não é novidade pra quem me conhece que new adult quase nunca me interessa, isso porque os livros parecem possuir enredos tão parecidos, que apenas a sinopse me deixa desanimada.
    After é uma série tão comentada, positiva ou negativamente, que sou perseguida pelas resenhas dos livros. Anna Todd parece ter conseguido com maestria fazer emoções transbordarem das páginas de seus livros e apenas por isso merece palmas.
    Hardin e Tessa são personagens que não me vejo amando, embora admire o modo como o amor deles, apesar de muito destrutivo as vezes, consegue soar real e a maneira como cresceram, mesmo que de forma lenta.
    Fechar uma série de forma satisfatória nem sempre é fácil, pois do começo ao fim há muitas chances da trama acabar se perdendo, mas parece que a autora conseguiu isso e aposto que os fãs ficam felizes. Ainda não tenho vontade de ler, mas caso algum dia isso aconteça - ou eu ganhe o livro de alguém, o que me faria dar uma chance por conta da pessoa -, é bom saber que teve um bom fechamento.
    Abraços

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...