julho 10, 2013

[Livros] Simplesmente Ana - Marina Carvalho

Título Original: Simplesmente Ana
Autor: Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Gênero: Ficção, Romance, Chick Lit, YA
País: Brasil
ISBN: 9788581631554
Classificação★★★☆☆
_______________

Mais um nacional lido nesse começo de ano, e é a vez do primeiro livro da autora Marina Carvalho, uma estreia em grande estilo, uma vez que seu livro tem sido amplamente comparado com Diário da Princesa de Meg Cabot, confesso que fiz essa comparação, mas só no começo do livro, depois a história desandou a ter outro rumo e nem me lembrei mais da Mia.

Eu gostei do livro e da história, Marina nos surpreende com a riqueza de detalhes, nos fazendo sentir como a protagonista, encantada com a mudança da vida pacata e humilde em Belo Horizonte, para a fama, esplendor e glamour de uma princesa europeia.

Ana descobre que seu pai, (que ela achava que tinha abandonado sua mãe na adolescência) na verdade não sabia da sua existência, e ele passa a querer conhece-la melhor, iniciar uma relação pai e filha, o único problema é que seu pai é o rei da Krósvia, um pequeno país europeu. As descobertas recentes vão mexer com a jovem e virar seu mundo de cabeça pra baixo. Decidida a conhecer suas origens europeias, Ana vai passar alguns meses em Krósvia e lá conhece pessoas fantásticas, um pai que ela nunca havia sonhado ter, uma vida luxuosa, porém sem privacidade alguma e ainda tem a saudade da mãe, da melhor amiga, do namorado. É engraçado ver como a autora explora a vida de Ana do anonimato até a fuga frenética dos paparazzi, me diverti lendo o livro, é uma leitura leve e terminei ele em dois dias sem dificuldade.

Além do fato da nova vida de princesa, das aparições públicas, da mídia interessada em sua vida pessoal, ela também conhece o enteado de seu pai, pelo qual ela nutre uma relação de amor e ódio, sofrendo com as constantes mudanças de humor do rapaz, que às vezes parece interessado nela, outras não, só que ele tem namorada, uma megera chamada Laika (bitch). Esse relacionamento-paixonite-amor-ódio-fraternal-ou-não vai dar o que falar, e é a melhor parte do livro todo!

O único problema pra mim foram duas coisas recorrentes nos nacionais e que me incomodam demais, a primeira foi uma troca de emails entre Ana e sua melhor amiga ou seu namorado, não me lembro bem, cheia de abreviações do tipo 'naum', 'eh', 'XD'. Eu sei que a proposta do livro é YA, mas acho que isso não cria uma identificação maior com o público jovem, pelo contrário, parece forçado e desnecessário, achei feio no livro e me incomodou bastante. Outra coisa que me frustrou um pouco mais foi o fato da autora citar programas de tv, como Fantástico, Mais Você e afins... Além de ser uma propaganda gratuita para a Rede Globo me pareceu forçado e ao invés de tornar a história mais verossímil me tirou um pouco de dentro do livro. Não gosto muito de referências externas à personalidades ou programas de TV, isso é recorrente na literatura nacional, (mas deixando claro que não só nela, já li livros estrangeiros que também recorrem à esse recurso, eu não gosto e fez o livro perder pontos comigo). Mas como a história é boa e me manteve interessada do começo ao fim. Gostei muito do livro e bem vinda Marina ao mundo literário, agora como autora. Recomendo e agora também quero ser uma princesa, como eu faço, Marina?

"Falar de saudade era tão ruim quanto sentir. Mas pior ainda era sentir saudade de alguém que provavelmente não retribuiria esse sentimento. Portanto, quando a falta de Alexander apertasse de meu lado do Atlântico, seria a saudade mais solitária do planeta."

Sinopse: Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex.
Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro.

A não ser... A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.

"Senti lágrimas formando-se em meus olhos, mas eu não choraria. Por mim, por meu pai, por tudo, ficaria firme até o fim.
- É lindo - murmurei. E o abracei em seguida. - Obrigada por tudo. Vou fazer o meu melhor. Prometo papai.
E essa foi a primeira vez que chamei Andrej de pai. Deliberadamente."

11 comentários:

  1. Achei essa premissa parecida demais com o Diário da Princesa, e isso pode não prejudicar totalmente a leitura do livro, mas com certeza me atrapalharia um pouco, sim. Apesar disso, li em uma outra resenha que a autora escreve muito bem, então torço por ela e tenho certeza que ela pode virar o jogo nos próximos livros. Achei a capa muito bonita.

    Beijos.
    (www.)bibliotequismo(.com.br)

    ResponderExcluir
  2. Essa capa é linda, né?
    Gostei muito de sua resenha, só fiquei
    com mais vontade de ler, hahah.
    Os quotes selecionados, também amei
    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei o seu blog querida, tudo muito bem feito por aqui,ótimas resenhas, posts e fotos.
    Adoro ler posts com esse assunto.

    Tenha certeza que irei indicar o seu blog para as minhas leitoras e amigas.

    Também sou blogueira do Não Vivo Sem Esmaltes, um blog que fala sobre maquiagem, perfumes, cosméticos e tendências.

    JÁ ESTOU SUPER SEGUINDO AQUI, SE VOCÊ QUISER VISITAR E SEGUIR O MEU BLOG TAMBÉM:

    BEIJOOOS


    WWW.NAOVIVOSEMESMALTES.COM

    ResponderExcluir
  4. Oii Mari!
    Ah esse livro deve ser ótimo!
    Agora que estou bem pertinho das minhas férias, vou aproveitar para ler bastante ;D
    Passei aqui para te informar que consegui arrumar a caixinha de seguidores (demorei mais achei hahaha)
    Então agora será mas fácil para me seguir, te espero lá
    Beijinhos :)
    Nati,
    http://nataliascholze.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. eu tbm quero ser uma princesa kkkkk ;-)
    E já gostei logo de cara do livro pelo fato de ter algo a lá Meg cabot. Mesmo o livro não sendo perfeito, irei ler. Já está na minha wishlist!
    a capa é lindaaa

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá, pessoa que marca o livro com orelhinhas! Vim visitar seu blog por que você deixou o link no comentário. Primeiro: Adorei o visual do eu blog!!!
    Segundo: Agora que li a resenha deu mais vontade de comprá-lo. Eu realmente achava que ele era de época quando eu vi a capa(não que eu não goste). Gosto de romances de vez em quando para ler.

    Mariana,
    Blog: http://triplobooks.blogspot.com.br/
    Fanpage: https://www.facebook.com/triplobooks
    Video: http://www.youtube.com/ainvasao

    ResponderExcluir
  7. Linda gostaria de agradecer pela sua visitinha em meu blog
    e dizer que fico feliz que você tenha gostado de lá. Espero que volte sempre que puder viu ?!
    Outra coisa, já estou te seguindo, poderia me seguir e curtir minha fanpage também? =]
    Precisando pode contar comigo.
    E parabens pela sua resenha, pois eu achei muito boa.
    Ainda não li esse livro, mas me parece que é super interessante. Preciso ler alguma coisa que eu diga UAU, porque eu ando meia deprê =/
    Enfim...

    Se cuida minha querida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, Mariana!
    Adorei a resenha. Obrigada pelo carinho.
    Beijos,
    Marina Carvalho

    ResponderExcluir
  9. Eu sou louca para ler esse livro da Marina, achei a capa divina. Assim como você eu não gosto desses diálogos com abreviações estranhas, mesmo porque hoje em dia ninguém mais utiliza isso. Quanto as referências externas, para falar a verdade, eu nunca me liguei muito nisso, acho que sempre acabo relevando esses fatos :S hahaha
    Beijos,
    Fernanda,
    Lendo & Esmaltando

    ResponderExcluir
  10. A capa é mais que divina e eu estou ansiosíssima para ler este livro, principalmente após a sua resenha.
    Acredito que na parte em que a personagem cita programas de TV da Globo é como se estivéssemos lendo algum livro estrangeiro em que as personagens também citam programas de TV e produtos, como chocolate e salgadinhos. Mas aqui temos um certo receio quanto a essas citações em livros nacionais justamente por isso, por elas serem nacionais. Admito que até eu não gosto, mas por esse livro, acredito que possa relevar. kkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Ao contrário de alguns, achei a capa sem graça! =S
    Mas pela resenha o livro parece ser ótimo, tema super legal.

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...