dezembro 30, 2013

[Livros] Amaríssimo - Clarice Paes

Título Original: Amaríssimo
Autor: Clarice Paes
Editora: Ocelote
Páginas: 128
Gênero: Contos, Ficção
País: Brasil
ISBN: 9788561709075
Classificação★★★★★
_______________

Amaríssimo foi uma doce leitura de final de ano. A beleza e a doçura com que a autora descreve o amor chega a emocionar. E em muitos momentos, me vi com os olhos marejados. A mescla de amor e desamor torna o livro belo e sincero. Suas páginas carregam histórias complexas, personagens especiais, que nos envolvem e nos encantam, tudo isso narrado com graciosidade pela autora.

O título nos remete imediatamente à histórias de amor, mas a definição da palavra 'Amaríssimo' é amargo, aliás, muito amargo. Como o amor pode ser, porque às vezes nem tudo é como a gente quer e o amor se torna apenas uma lembrança, um sentimento - amargo e doce ao mesmo tempo.

O livro tem uma diagramação belíssima, com uma capa super fofa, parecendo chocolate amargo (o que literalmente, dá vontade de morder e já virou moda tirar foto mordiscando ela: itsme_mari). Ele já havia me conquistado de cara só pela capa e sinopse. Por ser uma romântica incurável, senti uma vontade imediata de ler esse livro. Ele fala do amor, belo, puro, idealizado, e da desilusão e do desamor. Essa mescla de sentimentos, Clarice nos traz em forma de contos.

Cada conto traz uma história, cada um com sua beleza específica. A saudade de uma viúva, que muito amou seu único amor. A despedida de um casal que se ama, mas não deve se amar. O amor, com que todos sonhamos. Os desencontros de um amor que tinha tudo para ser perfeito. Todos carregados de sentimento e descritos de formas singulares. Às vezes sentia que cada conto era escrito por uma pessoa diferente. Clarice adaptou seu jeito de escrever em cada um deles, fazendo-os únicos.

Eu particularmente me apaixonei pelo conto 'Olhos de Água Doce' e 'A Pianista' sua beleza, simplicidade e ternura. Inclusive, vou postar um trechinho deles aqui no final do post. Não vou me prolongar muito nessa resenha, porque quando a gente gosta muito de um livro é difícil encontrar as palavras certas para descrevê-lo! Clarice, saiba que você me ganhou, já virei sua fã!

Li uma resenha desse livro num blog amigo e decidi pedir um exemplar para o Love Lovers. Super atencioso, o editor aceitou a proposta e eu só tenho a agradecer por essa oportunidade incrível! Como se não bastasse enviar um exemplar de cortesia, a Editora Ocelote ainda nos enviou um exemplar extra para sorteio no blog, não é incrível? O sorteio será feito lá na página do Love Lovers no Facebook.

"- E o amor, é o quê?
- Você nunca amou?
- Amei.
- Então sabe.
- Mas é tão amargo.
- É também doce." (p.67)

Sinopse: Superlativo, absoluto e sintético: nesta seleção de contos, a experiência de amar alcança grau de exagero, como nos chocolates mais amargos e, ainda assim, tão apreciados por paladares exigentes. Amar ao extremo, amar até sentir o amargo do amor. Mas sem deixar de ser doce. Prove o sabor agridoce de Amaríssimo, livro de estreia de Clarice Paes.

"Esta havia sido sua vida, seu amor, sua música, seu ontem, seu tudo. Esta havia sido a única música de seu concerto, e ela nem ao menos chegou a ouvir os aplausos. Ela somente esperava a cortina fechar." (p.116)

10 comentários:

  1. Um livro de contos é puro amor! E essa capa linda? Da vontade de morder mesmo! hahah . Amei o título e tenho certeza que vou amar lê-lo.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  2. May, é possível não se apaixonar pelo livro?
    Amei a proposta dele e esse trechinho que você colocou só serviu para me deixar com água na boca haha
    Sou uma romântica incorrigível também e já estou sonhando com ele *-*

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  3. esse livro é incrível. Tanto na parte estética quanto pelo conteúdo. :D

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro e achei a ideia da capa e dessa representação metafórica do amor bem legal. Mas como não sou muito fã de romances, não criei interesse em ler,infelizmente.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari :)
    Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro. Já o tinha visto em umas caixinhas de correio na blogsfera, mas acreditava que era uma barra de chocolate mesmo. Kkkkk... Olha eu dando um de míope aqui.
    Eu, particularmente, tenho uma opinião muito forte sobre o amor. Acredito em subdivisões dele e que nunca consiguiremos identificar o "amor verdadeiro".
    Mas eu adoro ler contos de amor e romances. Tenho um coração romântico que me faz derreter como manteiga perante os romances. Rsrsrsrs...
    Achei muito interessante essa antologia nacional. A capa do livro é bastante linda. E parabéns pela resenha fofa e sincera, Mari. Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. eu nao tinha lido nada sobre esse livro ainda, mas ja quero muito ler so pela capa!! e depois q li a resenha, creio q e o livro de romance que vou amar *-*

    ResponderExcluir
  9. Ainda não conhecia o livro, mas já amei desde o título e capa!
    Gostei da resenha também, me deixou com vontade de ler! haha

    ResponderExcluir
  10. Essa é a primeira resenha que leio desse livro, e gostei bastante pela abordagem de uma amor amargo e doce ao mesmo tempo como foi comentado e adorei a comparação com o chocolate e de muito bom gosto. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...