junho 05, 2016

[Livros] Não Tão Primos - Renan Merlin

Título Original: Não Tão Primos
Autor: Renan Merlin
Editora: Coerência
Páginas: 200
Gênero: Ficção, Young Adult
País: Brasil
ISBN: 9788592572006
Classificação★★★☆☆
_______________

Um livro fofo que fala sobre homossexualidade, adolescência, coragem e, acima de tudo, amor. Renan Merlin escreve como quem conta uma lembrança e essa naturalidade e fluidez faz com o livro seja daqueles que devoramos em poucas horas. Ainda necessário numa sociedade repleta de preconceitos, Não Tão Primos fala sobre tolerância, respeito, sobre como somos iguais e diferentes ao mesmo tempo e o quanto isso é lindo.

Narrando a história de Bernardo, um jovem que vê sua vida ser transformada num inferno simplesmente por ser quem ele é. Ao se apaixonar por um colega, as coisas ficam ainda mais complicadas pois o garoto em questão é membro da gangue que mais o tortura. Sofrendo bullying, preconceito e ouvindo coisas que ninguém nunca deveria ter que ouvir, Bernardo enfrenta o que muitos jovens gays enfrentam todos os dias: um mundo ignorante e intolerante.

Apesar de achar o desenvolvimento dos personagens bastante superficial, o que me tocou foi a mensagem por trás de toda a história. Nos agradecimentos do livro, Renan Merlin diz que parte do livro foi, de fato, uma experiência pela qual ele passou e essa afirmação apenas consolida o que o leitor já havia sentido - verdade em suas palavras, sentimento, dor.

Decidi por não falar muito mais sobre a sinopse porque o mais interessante da narrativa é a forma como os personagens surgem, sem avisar, sem que esperemos. Em um determinado momento - no momento em que Bernardo mais precisa - surge um (quase) primo que vai salvá-lo de todas as coisas ruins que estão acontecendo em sua vida. Os dois juntos são bem mais fortes para enfrentar os brutamontes que os perseguem. 

Cada emoção transmitida pelo protagonista é captada e sentida. Em muitos momentos senti meu coração apertado ao pensar no que tantos outros Bernardos sofrem por aí. Só me conforta saber que aos poucos as coisas estão mudando e se nem todos tem (quase) primos para salvá-los dos vilões, pelo menos tem amigos como Gabi que fazem seus dias mais coloridos e não tão cinzas.

"A angústia de não ser aceito é grande, mas jamais tentarei ser alguém que não sou só para tentar agradar as pessoas. Preciso tentar ser mais flexível e me permitir ser feliz, independente do julgamento dos outros." (p. 61)

Sinopse: Tudo parece sem cor. As férias começaram com um romance e acabaram como um filme de terror. Agora as aulas vão recomeçar e Bernardo terá que enfrentar os meninos que o agrediram e lidar com a nova emoção que insiste em seguir os seus passos: o medo. Apesar de tudo, Bernardo não está sozinho, Gustavo chegou para recolorir o seu mundo. Gustavo e Bernardo são meio que primos, ou melhor, Não Tão Primos.

Os dias podem se tornar cinza por algum tempo, mas jamais perderão o calor, pois a famosa cidade do verão eterno não deixa que os corações fiquem frios por muito tempo. Prepare-se para aquecer e colorir o seu mundo com Bernardo e seus amigos. Seja bem-vindo a São Pietro!

"Vivemos em um mundo onde não nos permitem mostrar nosso brilho próprio, temos de viver como se não pudéssemos ter nossa vez, como se devêssemos pedir desculpas por quem somos, mas isso é errado." (p. 191)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...