fevereiro 24, 2015

[Sobre] Uma blogosfera que tem medo de falar o que pensa...


Olá queridos, hoje vim falar de algo que tem acontecido na blogosfera nos últimos tempos. A falta de coragem que as pessoas têm de falarem o que pensam. Blogueiros que não questionam as ações das editoras, que dizem amém para tudo, que gostam de tudo o que leem, que querem parecer melhores que os outros. Esses "blogueiros", que para mim não passam de pedintes, são comprados pelos livros e mimos que recebem das editoras. Eles se vendem por uns minutinhos de fama na página da Editora, uma parceria e uma pilha de livros. Tão, tão pouco.

Desde o meu vídeo Saga dos Blogueiros, em que faço uma crítica clara às parcerias com editoras, eu fui apedrejada na blogosfera. Algumas pessoas simplesmente acharam que eu 'devia calar a boca e receber os meus livros' porque segundo eles, 'por estar ganhando livros, eu não devia reclamar'. Queridos amigos de hobbie ou profissão, lamento lhes informar, mas ninguém "recebe" nada. Cada exemplar cedido como cortesia é na verdade fruto de uma troca: livro físico = opinião + divulgação.

Essa 'troca', chamada parceria, ao contrário do que muitos pensam, não é uma dádiva divina. Não é algo pelo que eu devo me sentir agradecida e ajoelhar em frente às editoras agradecendo aos céus por ter sido aceita. O que é isso? Ninguém precisa se rebaixar à pilhas de livros (mesmo que eles sejam livros fantásticos). Eu tenho o direito de criticar algo de que eu discordo. No meu blog e além disso, na minha vida, eu sou sincera, falo o que penso e não tenho medo de perder parceiros por isso. 

Eu havia decidido encerrar esse assunto, mas ainda hoje, ocorreu algo parecido ao criticar uma 'ação' de marketing - que ao meu ver é absurdamente ridícula. A Editora Sextante criou um grupo no Whatsapp para divulgar novidades e "interagir" com os blogueiros. Essa "interação" porém, se resume a ficarmos todos em silêncio no grupo esperando algo 'urgente' acontecer. Eu questionei o intuito da criação do grupo, uma vez que não podemos nem sequer conversar sobre os próprios lançamentos da Editora Sextante por lá. Antes que as pessoas responsáveis pelo marketing pudessem se manifestar, eu fui atacada pelos meus colegas de blogosfera que basicamente me mandaram calar a boca. 

Expor opiniões contrárias às da editora é uma falta grave. Uma das blogueiras, inclusive, disse em outra ocasião, que eu deveria perder as parcerias que eu tenho, porque eu não me submeto às "regras". Regras essas que são: ser omisso, acatar sem questionar e não opinar. Opa, eu fechei os olhos e acordei em 1964?

Isso, sem falar que muitos resenhistas não conseguem (ou não querem) ser sinceros em suas resenhas. O receio de desagradar a editora e ser mal visto é maior do que o comprometimento com o leitor. Nas últimas semanas, surgiram até casos de plágio de resenhas na blogosfera e foi possível perceber o desespero de alguns chamados blogueiros literários para cumprir os altos critérios exigidos nas seleções de parceria. Plágio, resenhas falsamente positivas e pessoas que lambem o mercado editorial. Isso não é ser crítico, isso não é ser honesto.

Devido aos acontecimentos anteriores, eu já queria escrever um post sobre isso. Sobre essa indignação e essa vergonha que eu sinto ao ver blogueiros que não têm coragem de dizer o que pensam de uma editora, mas não tem vergonha de criticar, julgar e atacar outros blogueiros. Num mundo já tão conformado, eu me recuso a ser mais uma pessoa que não dá sua opinião. Eu tenho o direito e o dever de expor o que eu penso. Todos temos. Não é uma editora, um livro ou um blogueiro que vai me impedir.

21 comentários:

  1. Falou tudo, Mari! E muitas pessoas mesmo depois de lerem tudo isso ainda não vão entender o quanto vale o preço de uma opinião sincera e honesta.
    Beijo!
    entreeleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Vc não merece palmas ,merece o Tocantins inteiro
    👏👏👏👏👏

    Malucas por Romances

    ResponderExcluir
  3. Mariiii, já falei lá no facebook, mas repito aqui: Adorei o seu post. Super concordo. E eu critico mesmo, nem aí, hahahha
    beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olha eu gostei de ver tudo que você escreveu no texto.
    Achei que você foi bastante sincera e direta.
    É triste mesmo ver muitos blogueiros se vendendo por conta de livros. Realmente isso é uma realidade triste, porque se você for ver, as editoras famosinhas da vida só pegam blogs grandes e são sempre os mesmos. Tem muitos blogs ai que tem capacidade de ter parceria e que escreve muito bem, mesmo sendo blog pequeno. Mas tipo, acho que as pessoas esqueceram o motivo REAL DA PARCERIA. Mas é complicado, porque sempre tem problemas em relação a isso e acaba que se tornando um assunto bastante polêmico né? Mas enfim...Mas mesmo assim parabéns e nunca deixe de se expressar da maneira que se deve, porque opinião ninguém pode tirar de ninguém. CADA UMA TEM A SUA e ninguém tem que ficar falando nada.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/02/reflexaocontos-17.html#comment-form

    ResponderExcluir
  5. Hey Mari!

    Parabéns pela texto lindo. Tem mesmo muitos blogueiros por ai como medo da verdade. Eu não consigo fazer uma resenha mentirosa de forma alguma. Já falei de livros de parceiros e nem por isso perdi a parceria. Isso é coisa de gente besta mesmo.

    Beijos e seja sempre assim!

    ResponderExcluir
  6. Lembro-me de ter visto um vídeo onde você chorava e tocava caixinha de música por receber nãos de editoras. Agora você vem, distorce as próprias palavras para jogar o pepino em todo mundo. Aliás, ninguém vê uma parceria como ganho, pelo menos não na blogosfera da qual eu faço parte, agora se a sua laia vê isso como uma divindade padroeira, vocês não sabem o que é blogar. Quando é que tu vai aprender?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Robson, obrigada mesmo por ter vindo aqui comentar. Juro, que por isso você ganhou um pouco do meu respeito, tá?

      Bom, primeiro... eu me lembro de ter te dito que o vídeo foi irônico. Certo? Se você buscar aí nas conversas, eu devo ter te explicado que eu 'NÃO ESTAVA REALMENTE CHORANDO'. Cara, eu não entendo a dificuldade que vocês têm em entender isso. Sério. E segundo, colega.. a blogosfera da qual você faz parte é a mesma da qual eu faço parte, então não precisa se fazer de desentendido e fingir que você nunca viu isso em outros blogs. E pra finalizar, eu vou aprender a "blogar" quando você aprender a interpretar um texto, ok? Se você se identificou com o texto, a culpa não é minha.

      Um abraço,

      Excluir
  7. Complementando o que eu disse: A parceria entre blogueiroxEditora é muito mais do que ganhar livros e divulgar produto de graça. Se o blogueiro é decente e realmente entende o significado disso tudo, ele vai entender que existe um vínculo. O blogueiro passa a ser a voz da editora entre os leitores dele, não só pra falar bem de um livro, mas para buscar entender quais os gostos dos leitores e, com isso, sugerir novas ideias para a editora.

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari! Não discordo de uma linha que vc disse. Acho uma tristeza essa mendicância por editora, por curtidas na page, por livros a serem 'doados' ela editora, assim de graça, por pura generosidade de quem os dá................ Eu me cansei dessa babação de ovo em cima do que é imposto ao blogueiro, e os mesmos dizendo amém para tudo que são obrigados. tinha um blog literário, mas o fechei porque eu queria um espaço meu, onde fosse ditado as minhas regras e não oque esperavam dele. Hoje fiz outro blog, que segue exatamente o que quero, e posso lhe afirmar com toda honestidade do mundo, sou uma blogueira muito mais satisfeita agora. Adorei o post, e quem dera todos tivessem sua coragem.................. bjs
    Eykler
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Mari, eu concordo com você, nas minhas resenhas eu sempre falo o que não gostei, mas as vezes o livro é ótimo mesmo, ai eu até bato palmas SUHAUSHA. Quem dera todos pensassem igual você.
    Já estou seguindo seu blog, adorei.
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Você está certíssima em reclamar de algo que você não acha certo ou questionar. Infelizmente sempre existem pessoas assim em todos os lugares. Ótimo texto!

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Mari, tudo bem?
    Te entendo completamente! A blogosfera infelizmente está cheia de pessoas maldosas, que não perdem tempo na hora de te tacar uma pedra e que só sabe defender o que os convêm!
    É muito triste ver pessoas tão cultas e que leem tanto com um pensamento e uma mentalidade tão pequena!
    Infelizmente não é todo mundo que tem coragem de ser sincero e falar o que pensa, preferem se esconder e fingir que acha tudo lindo!
    Não deixe nunca de ser verdadeira por causa dessa meia dúzia de incomodados!

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  12. Hey!

    Acho que algumas editoras estão mesmo só procurando blogueiros que falem bem de seus livros ao invés de serem sinceros em suas resenhas.
    Mas por outro lado há muitas editoras e autores que procuram blogueiros que fazem trabalhos sérios.
    O que eu faria pra me prevenir de uma parceria ruim seria procurar saber mais sobre o trabalho de cada editora que tem interesse em parceria.

    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  13. Oláa,
    Primeiramente parabéns pelo seu texto, adorei a sinceridade que você colocou nele. Eu concordo plenamente com você, mas não podemos generalizar. Eu prefiro ter um blog pequeno e sem parceria do que fazer plágio e ser falsa com a minha opinião. Como você disse "livro físico = opinião + divulgação.", então se opinião foi negativa, não podem obrigar a colocar algo bom, porque não foi. Nem tudo é bom; nem tudo é perfeito. Estou com você, viu?? Compartilhamos a mesma ideia.
    Beijos,

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Querida Mari,
    CLAP, CLAP, CLAP, CLAP, CLAP, CLAP, CLAP, CLAP, CLAP, CLAP...
    Texto tão claro e tem gente que ainda não entende. Muitos blogs, infelizmente, não procuram conteúdo e/ou se vendem por livros, vendem suas opiniões só para continuar "ganhando", "ganhando" e "ganhando", o que é um absurdo. Eu nunca, NUNCA deixaria de dizer uma coisa que eu não gostei num livro só porque é de parceria ou algo do tipo. Se eu não gostei, vou apontar o que não gostei e pouco que importa se alguém vai deixar de gostar ou não. Se eu passo raiva com o livro, vou passar essa raiva pra resenha; se eu amei o livro, vou passar o amor para a resenha; serei sincera porque é isso o que blogueiros precisam ser. Quando a resenha está sendo feita de uma maneira mentirosa, por assim dizer, o blogueiro está enganando a si mesmo e enganando seus leitores! Porque se interessar por um livro por causa de um blog e, quando ler, ver que é uma merda mal escrita e tudo de ruim, perde leitor. Números você pode até ter, maaaas... Sei lá, não é só isso o que conta.
    E eu não acredito que ainda estão falando do seu vídeo SATÍRICO sobre parcerias com editoras. É O MELHOR VÍDEO DA VIDA, O MAIS SINCERO, OBRIGADA, DE NADA. Acho que ninguém na blogosfera, assim, pelo que eu saiba, precisa mesmo mendigar livros, até porque eu sei que todos nós - ou pelo menos a maioria - temos acúmulos na estante. Todo mundo tem livros parados.
    E sobre ficar lambendo o rabo das editoras, aaaargh, mimimi. Não lambo o rabo de ninguém, não sou cachorrinha de ninguém, a editora não é minha dona, o autor parceiro não manda em mim, obrigada, de nada. Não sou obrigada. Eu recebo o livro para ler e resenhar, e não para ler, resenhar e falar bem na resenha. Oras... Mereço isso.
    Parabéns pela sinceridade <333
    Beijinhos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Honestamente? Eu não acho que você esteja nem um pouco errada. Eu venho me incomodando com as Editoras desde que as seleções começaram. Fiz a inscrição pra uma Editora que me perguntou o que eu fazia da minha vida, o que e onde eu estudava e seu trabalhava. Cada vez mais eu vejo os blogueiros abaixando a cabeça para essas parcerias e aceitando o que é oferecido sem questionar. Eu não sou obrigada a amar todos os lançamentos, e acho hipocrisia pedirem pra gente fazer uma resenha sincera e depois não divulgar o nosso conteúdo só porque não gostamos tanto do livro X ou Y. É absurdo o que tem se tornado a blogosfera, e acho que você fez muito bem em fazer essa publicação. Muita coisa me incomoda nessa blogosfera literária e é bom poder falar disso.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Mari polemizadora, arrasadora e super sincera. Adoro!

    Eu sou quase uma Suíça na blogosfera, me abstenho de opinar sobre muitas coisas porque algumas pessoas simplesmente não entendem e dão um dimensão completamente diferente as nossas palavras. Mas às vezes fica difícil permancer calada, é cada coisa absurda que acontece que parece mentira.
    Parceria com editora é sempre assunto polêmico. Aqueles que adoram puxar o saco e morrem de medo de perder a parceria fazem de tudo para que a editora ache que eles são perfeitos e maravilhosos, obedientes e cheios de elogios.
    Tenho só uma parceria porque eu quero. Nunca tentei outras seleções, não tenho tempo e talvez também não tenha paciência pra tantas exigências desnecessárias. Minha parceria com a NC vai muito bem obrigado e eu não precisei babar o ovo deles pra conseguir renovação. Quem acompanha meu blog sabe o quanto sou sincera nas minhas resenhas independente do livro ser comprado ou de parceria.
    Enfim, sinceridade é tudo. O blog é meu e eu falo nele tudo que eu quiser.
    Amei o texto.

    Beijos
    mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Mariana, tudo bem?
    Concordo com você em relação a existirem pessoas que "morrem" por uma parceria. Felizmente não faço parte deste grupo, embora você discorde e levante a bandeira contra.
    Apenas uma coisa me incomodou no seu texto, logo no início você comenta sobre "a falta de coragem que as pessoas têm de falarem o que pensam". Pois bem, eu falei o que pensava a respeito do seu vídeo e por não ser uma crítica favorável virei a Bruxa Má do Oeste.
    Você mostra mais do seu argumento no texto que todos nós podemos e devemos dar a nossa opinião. Eu acredito que ao mesmo tempo que temos o direito de opinar, também temos que saber aguentar as outras opiniões, mesmo que não queiramos aceitá-las e concordar com elas. Penso que respeitar a opinião alheia é fundamental, mesmo que ela não seja a mesma que a sua, certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ananda,

      Não levanto bandeira alguma contra você, pelo contrário. Ignoro-a completamente.

      O problema com seu 'comentário' no vídeo, Ananda, é que você foi grosseira desnecessariamente. Há formas e formas de se criticar algo. E eu discordo da forma como você se expressou no seu comentário do vídeo, dizendo coisas como 'seus vídeos são desnecessários', 'vergonha alheia' e etc. Nada do que você disse ali foi uma crítica construtiva. Mas enfim...

      Eu não te considero uma "Bruxa Má do Oeste". Não, não mesmo. Só acho que se você quer 'humilhar, rir e esculachar as outras pessoas' deve se preparar, pois isso também vai acontecer contigo. Afinal, o mundo dá voltas e um dia você também ficará triste com um comentário maldoso. Pode ter certeza que não será meu ;)

      Se você não 'lambe' as editoras, esse texto não é pra você, não há motivo para se identificar, colega. A propósito, preciso te agradecer porque tanto o vídeo quanto esse texto tiveram uma excelente visualização graças às suas críticas. Enfim, obrigada por sua opinião, dessa vez de uma forma mais construtiva.

      Excluir
  18. Oi Mari,
    Concordo com você em gênero,numero e grau. Serio, já vi muito de tudo isso que você falou em seu texto. Tem certas editoras (não digo todas), que são muito espertas quando se tratam de parcerias entre blogueiros, mas o que me dá mais raiva são esses mesmo blogueiros que se submetem a fazer qualquer coisa que as editoras pedem para fazer sem ao menos questionar, sem dá sua opinião, simplesmente para poder ganhar mais livros e ver sua estante lotada das mesma é triste ver isso, vou te contar. Dou graças a Deus por ter firmado parcerias com excelentes editoras não tive problema com nenhuma até agora e espero não ter.

    Com relação ao seu video, eu assisti e ri muito, só é uma pena que nem todo mundo entendeu a ironia que você fez nele, mas foi cômico. kkk

    E ah! Só te avisando te indiquei a uma TAG lá no meu blog. Dê uma passadinha lá depois, vou ficar no aguardo da sua visita.

    Bjuuus!

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Mari,
    Concordo com você em gênero,numero e grau. Serio, já vi muito de tudo isso que você falou em seu texto. Tem certas editoras (não digo todas), que são muito espertas quando se tratam de parcerias entre blogueiros, mas o que me dá mais raiva são esses mesmo blogueiros que se submetem a fazer qualquer coisa que as editoras pedem para fazer sem ao menos questionar, sem dá sua opinião, simplesmente para poder ganhar mais livros e ver sua estante lotada das mesma é triste ver isso, vou te contar. Dou graças a Deus por ter firmado parcerias com excelentes editoras não tive problema com nenhuma até agora e espero não ter.

    Com relação ao seu video, eu assisti e ri muito, só é uma pena que nem todo mundo entendeu a ironia que você fez nele, mas foi cômico. kkk

    E ah! Só te avisando te indiquei a uma TAG lá no meu blog. Dê uma passadinha lá depois, vou ficar no aguardo da sua visita.

    Bjuuus!

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...