março 13, 2015

[Sobre] Slam Poetry - Poesia Slam


O que é o Slam Poetry? De onde surgiu a ideia? 
Qual o diferencial desse tipo de poesia? 

O conceito de Slam Poetry surgiu em meados dos anos 80 nos Estados Unidos. Um grupo de pessoas se reunia e lia seus próprios versos para a plateia, enquanto uma comissão julgadora avaliava essa apresentação. O estilo de poesia falada ou cantada lembra o período conhecido como Trovadorismo. As semelhanças, porém, param por aí. A poesia slam não segue padrões, regras e tem como maior particularidade ser justamente 'particular'.

Primeiro, é preciso explicar o conceito a que remete o nome. 'Poetry', em inglês, significa poesia e 'Slam' seria algo como um estrondo, ou batida forte de porta. Podemos entender que a poesia slam surgiu, então, para quebrar 'bruscamente' um padrão poético, para fazer barulho em oposição ao silêncio que uma leitura requer.

O intuito é fazer com que o autor recite seu texto com toda a emoção que deseja. Nesse tipo de poesia, o eu-lírico se expressa de forma única, revelando seus sentimentos. Geralmente, ao ler um texto ou uma poesia, nós o interpretamos à nossa própria maneira. Já num concurso slam poetry, percebemos a entonação, o ritmo, a cadência que o autor emprega e isso faz com que compreendamos o que ele realmente sentia e/ou quis dizer.


Colocar no papel um texto tão íntimo, expor seus pensamentos para os leitores é um ato de coragem, mas interpretar os próprios sentimentos no palco requer ainda mais bravura. É um desabafo, uma forma de arte, uma forma de gritar o que você sente. Dividir um pouco do seu coração e da sua alma com cada ouvinte. 

O fato de ser uma competição é ainda mais interessante. Vivemos competindo, por tudo na vida. E então, no slam poetry você é julgado, avaliado e ouvido. O prêmio, no entanto, não é nenhum bem material. Daí se tira a maior das lições. É tudo sobre a jornada, sobre a sua vida, sua apresentação, seu texto e não sobre quanto vale, sobre o final ou sobre ganhar. Não existem perdedores, todos somos vencedores.

O 'Concurso' consiste em escolher no início da reunião, alguns jurados entre os membros da platéia. Isso mesmo! Amadores, não-profissionais irão avaliar os poemas apresentados. As regras são claras, não existe um juiz fixo, toda vez são escolhidas pessoas aleatórias. A pontuação de 0 - 10 (geralmente) abrange criatividade, conteúdo, boa oralidade, apresentação e quaisquer outros critérios que os juízes decidam avaliar. 


De uma forma livre e inovadora, as apresentações são cheias de sentimento e fazem com que mesmo os mais reticentes a gostar de poesia se emocionem. Um livro que fala bastante sobre o tema é Métrica de Collen Hoover. A leitura que roubou meu coração envolve um amor proibido que só pode ser livre nos versos de slam. Com poemas divinos, intensos e românticos, a autora dá o melhor exemplo de como a poesia pode significar tudo.


7 comentários:

  1. Desde que li Metrica fiquei apaixonada por Slam! Dai assisti aquele video sobre T.O.C. e <33 Gente que coisa linda! Tem alguns clubes que fazem noite de Slam aqui em POA, queria ir um dia...

    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
  2. Nunca li Métrica mas tenho muita muita vontade. Não curto muito poesia mas ainda assim quero dar uma chance ao livro. Adorei o post, gostei de ficar sabendo o que é Slam. Beijos!

    http://alguns-livros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari,
    Ainda não li Métrica, mas depois da ideia do post fiquei animada para conhecer melhor.

    Em época de escola havia coisa parecida e eu só me dava mal, os professores não gostavam de nada que eu escrevia.. triste hahaha
    Daí nunca liguei muito para poesia.

    bjs e tenha um maravilhoso final de semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari, amei seu texto!
    É uma ideia muito interessante essa do Slam, eu n sabia o que era e tbm ainda n li Métrica =/
    Realmente é muito corajoso vc escrever e interpretar na frente denuma plateia o q vc queria dizer com aquele texto, n sei se eu conseguiria, sinceramente! Haha
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oii Mari, tudo bem??? Não sou lá muito, muito fã de poesia pra falar a verdade, mas .....
    Acho que esse conceito é legal. E acho que até gostaria de participar de algo do tipo, heheh
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Me apaixonei pela poesia slam desde que li Métrica e não vejo a hora de poder assistir a uma competição! Participar é mais difícel, já que não sou boa com poesias e nem falar em público haha! Beijos, Jú
    docurailusoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari, sua linda, tudo bem?
    Eu acabo de sair revoltada da sua resenha desse livro aí venho aqui e você quer me ver chorar? Que lindo isso que você falou que o amor deles só pode se libertar através da poesia. Engraçado que eu comentei sobre essa competição lá na sua resenha, mas agora depois de ouvir sua explicação sobre ela, eu senti uma vontade tão grande de fazer parte dela!!!!! Adorei que os jurados não são profissionais. Aliás, eu adorei tudo sobre essa competição. Você foi a única que eu vi que fez uma postagem para explicar essa competição, parabéns, ficou perfeita!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...