maio 11, 2015

[Sobre] #4 O que é a parceria com editoras?


Por muito tempo, as pessoas lutaram para serem ouvidas. Em plena era tecnológica, a opinião é mais que uma voz influenciando aos demais, é uma palavra, um pensamento, uma ideologia difundida entre os seus ouvintes (ou leitores). A internet e, sobretudo, as redes sociais deram poder aos usuários e agora, as opiniões são valorizadas. Tão valorizadas que se estabeleceu uma relação chamada parceria, e é disso que eu vou falar.

Na blogosfera existem diferentes níveis de marketing, um deles é a crítica informal literária. Falar sobre um produto, ou no caso que nos interessa, de um livro, é algo que se faz numa roda de amigos. Opinar, dizer porquê gostou ou não, recomendar uma leitura. Essas pequenas atitudes dão força ao mercado editorial. Em um país que não lê, ver jovens e adultos lendo (o que for) e fazendo disso um hobbie é fantástico. 

Escrever sobre o que se leu é mais do que fazer uma resenha, é compartilhar sua própria compreensão, refletir, analisar. Não estamos falando de elementos da crítica literária, estamos falando da liberdade com que podemos dar nossa opinião. Apontar falhas ou acertos, mediante nosso próprio julgamento. 

O estudo literário ainda é algo fechado, objetivo e que não dá muita liberdade interpretativa e opinativa, por conta disso, as crianças não se identificam com a leitura na vida escolar. Poder ler o que quiser, compreender a partir do seu próprio ponto de vista e julgar sem regras é o que traz tantos jovens ao vício da leitura. Bestsellers ou não, em todos os livros há algo a ser explorado e a crítica informal o faz. Sem preconceitos, sem restrições, você pode ler o que quiser. A liberdade que a blogosfera trouxe, rompe com séculos de padrões e censura. 


A partir do momento em que você registra sua opinião na internet, esta é vista por centenas, milhares de pessoas (dependendo da sua influência no meio) e assim, gera impacto em quem lê, Esse é o impacto que o mercado editorial quer causar nos leitores e assim, sua crítica, por mais informal que seja, é valorizada. 

Como disse anteriormente, o que tem valor sempre pode ser vendido ou trocado. É assim que se dá a relação entre blogueiros literários e editoras. Não é segredo algum, que muitos de nós, inclusive eu, recebem livros de editoras em troca de nossa opinião. É uma transação proveitosa para os dois lados. Os blogueiros que amam livros e as editoras que precisam desse marketing para vendê-los.

Como em qualquer transação, comercial ou não, existe um regulamento a seguir. Cada editora tem diferentes padrões estabelecidos e cabe ao blogueiro escolher o que se adéqua ou não ao seu blog, assim como as editoras também vão fazer ao selecionar a lista de blogueiros parceiros. Resenhas, divulgação, eventos, sorteios, são apenas algumas das ações que o blogueiro poderá realizar, e todas elas trazem grande retorno para a editora.


Todo começo de ano, as editoras disponibilizam um formulário para os interessados em firmar parceria com eles. Após a inscrição é só aguardar o resultado e se você for escolhido, fará parte do time de divulgação da editora. Você pode receber livros, material publicitário, folhetos, marcadores, bottons, brindes, kits e todo tipo de material que a editora disponibilizar. 

É claro que antes de conseguir uma parceria dessas, é preciso manter o blog por conta própria. Resenhar os livros que você tem, divulgar e alcançar uma determinada visibilidade na blogosfera. Não vou mentir, não é fácil, mas você chega lá. De qualquer forma, só quis explicar como funciona, o que é essa relação tão desejada por nós blogueiros e como ela afeta o mercado editorial. Se você estiver pensando em criar um blog literário, espero que esse post tenha sido útil. Para maiores dúvidas, estou a disposição.

Imagens:GoogleImages

13 comentários:

  1. Essa é uma questão um tanto polemica... Muitos criam um blog com o pensamento nessas parcerias que consequentimente, vai dar frutos, ou seja, livros... E não sabem o quanto é complicado manter um blog ( principalmente na formulação de um bom conteudo). E se manter um blog é dificil, imagine divulgar???? É tudo muito complicado... Enfim, sobre as parcerias, acho que só podem ser denominadas dessa forma quando há realmente uma. Ás vezes, o que vejo por ai é dois pesos e duas medidas ( e o blog é que sai "perdendo"). Infelizmente.... :(

    http://ventoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Bem informativo . Realmente deve ser trabalhoso manter um blog ^^ ja tentei rs mas e mais gratificante ter o trabalho reconhecido

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida uma parceria com uma editora é uma atitude proveitosa para os dois lados! Tanto o blogueiro terá garantias de conseguir material para suas publicações, quanto a editora tera visibilidade e sabera q estao falando dos seus produtos na internet.

    ResponderExcluir
  4. Realmente uma parceria é uma troca; e o ideal é que seja proveitosa para ambos.
    Num mercado tão disputado, ter apoio dos blogs realmente pode fazer a diferença.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  5. Eu já conhecia como funciona a parceria com as editoras e blogueiros, e adorei esse post explicando para quem ainda não conhece! Acho bastante interessante essa parceria, porque beneficia tanto a editora quanto ao blogueiro. Sem falar que nós, leitores, acabam também sendo beneficiados por conhecer melhor os livros! <3

    ResponderExcluir
  6. Realmente, não é fácil atrair público para um blog. Pior do que atrair, é manter leitores fiéis. Quando enfim se consegue isso, a tendência é sempre melhorar. E é isso que as editoras procuram: blogs com uma boa visibilidade para uma melhor divulgação de seus produtos. Eu considero uma troca bem justa. Tem gente que procura parceiros que paguem (?) por seus serviços, mas pô! Você tá ganhando diversos livros e seu único trabalho é lê-los e dar sua opinião, para que assim seus leitores decidam se também vão lê-los ou não. Claro que os prazos devem ser meio complicados, mas ainda assim deve ser delicioso! Parabéns ao blog pela qualidade e pelas parcerias já firmadas (e que venham outras) :)

    ResponderExcluir
  7. Oieeeeeeeeee
    Atualmente colaboro em três blogs e sei do quanto é difícil manter tudo em dia
    Não e fácil conseguir parceria, é super dificil manter o blog e a concorrência é enorme
    Adorei o post

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post, Mari. são coisas que eu já sabia, mas podem ser uteis para muitas e muitas pessoas que estão começando agora (ate por que eu, quando não tinha ideia de como funcionava as parcerias, tive que ler em algum blog para entender). Parabéns :)
    Whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. É Mari!
    É mais ou menos por aí, porém o que não entendo é: o que realmente uma editora quer ao escolher alguém como parceiro? Sim porque se o objetivo é divulgação, como vejo blogs com poucos seguidores, blog que postam 2 ou 3 vezes por mês, blog que não divulgam em outras redes sociais, blogs que fazem resenhas, como direi, com um ou dois parágrafos, sem nada expressar realmente em sua opinião, e elas conseguem parcerias com as grandes editoras? Fico sem entender os parâmetros exigidos.
    Mas... como falou, um dia chegamos lá.
    “Tudo na vida acontece em função do melhor!Acredite, a sua amargura de hoje é, com certeza, a sementinha da sua alegria de amanhã!”(Mariluci Carvalho)
    Semaninha cheia de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi! Nossa! Você explicou bem a nossa relação com as editoras. Mas o pior de tudo é saber que ainda tem gente que olha para o blogueiro como alguém que só recebe livro de graça, mas não é. Como você disse, é uma troca. Realmente não é facil, mas quando se faz com gosto e amor, a gente se supera! *-*

    Bjs!

    Leitura Silenciosa | Blog | FanPage

    ResponderExcluir
  11. Ainda não tinha visto nenhum post falando sobre isso. Acho que uma parceria com editora é até uma forma de reconhecimento do trabalho do blogueiro, já que é um voto de confiança dado a ele. Deve ser lisonjeador na mesma quantidade em que requer responsabilidade, já que é uma troca, como você mesma disse. Mas vale a pena, né? Adorei o que escreveu.

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito do seu blog e a forma como vc escreve é muito agradável de ler. A temática desenvolvida é interessante e acho que vc poderia fazer um outro post informando das responsabilidades do blogueiro pq muitos conseguem a parceria e acabam se enrolando todo e não cumprindo as datas etc.
    Estou na blogsfera a alguns anos como vc e confesso que só fecho parceria qnd os títulos me interessam e quando sei que conseguirei cumprir com minhas obrigações.
    Enfim parabéns pelo texto e pela escolha do tema.

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...