fevereiro 05, 2016

[Livros] O Guardião - Nicholas Sparks

Título Original: The Guardian
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 344
Gênero: Drama, Romance
País: EUA
ISBN: 9788580411140
Classificação★★★★☆
_______________

O Guardião é - provavelmente - o décimo quinto livro de Nicholas Sparks que eu tenho o prazer de ler. Como seus antecessores e sucessores, este é um típico drama romântico que promete fazer qualquer um chorar. Promete e cumpre. A narrativa característica do autor, apesar de não surpreender muito, ainda encanta e, definitivamente, emociona.

Não é segredo que todos os livros de Sparks envolvem romance, morte e, às vezes, um ou outro animal de estimação. O Guardião envolve todos os clichês já batidos do autor, mas os aprimora ao inserir mistério ao romance. Em determinados momentos, o foco narrativo passa a ser o thriller que se desenvolve durante a história e o clima leve e romântico dá lugar à uma tensão sombria.

A mudança drástica no gênero literário do autor demora um pouco para ser digerida. Sparks não consegue manter o ritmo do suspense e a narrativa se torna arrastada em certos trechos. O final, no entanto, embala e compensa todo o desenvolvimento lento do restante do livro. Nicholas Sparks é conhecido por sua previsibilidade - que também deu as caras nesse livro -, mas tentou inovar, se não na forma de contar uma história, no próprio enredo. 

Contando a história de Julie, uma viúva que tenta se recompor após a morte do amor da sua vida, O Guardião fala sobre se reencontrar e sobre enxergar o amor novamente. Sabendo que ia morrer, Jim preparou uma surpresa para a mulher - comprou um cachorrinho - para fazer companhia a ela e protegê-la quando ele mesmo não pudesse mais fazer isso. Julie apelidou o cachorrinho de Singer e com ele chorou a morte do seu amado. Singer é a coisa mais linda, um verdadeiro amigo.

Anos depois, Singer se tornou um cachorro adulto e robusto. Preenchendo um pouco do vazio que Jim deixou, o cão segue Julie onde quer que ela vá e a mantém segura. Mas ele não é a única companhia de Julie. Os antigos amigos do marido também estão sempre por perto, em especial o melhor amigo de Jim, Mike. Um mecânico desastrado, o rapaz morre de medo de estragar sua amizade com Julie e sente que gostar da mulher de seu melhor amigo (que morreu) é uma grande traição. 

Julie sabe dos sentimentos de Mike, mas só o vê como um amigo. Por ser narrado de um ponto de vista onisciente, compreendemos todos os pensamentos dos protagonistas e a falta de atração entre Julie e Mike faz com que eles não sejam um dos melhores casais criados por Sparks. Amigos desde sempre, eles se dão bem, se divertem, mas só isso. 

Enquanto isso, Julie decide conhecer novas pessoas e, quem sabe, se abrir novamente para o amor. O problema é que ela escolhe os piores parceiros possíveis e cada encontro é um fracasso. O pobre Mike está sempre lá para ouvir seus desabafos, esperando uma chance para convidá-la para sair. 

Um dos encontros, porém, parece ter dado certo. Julie conhece Richard, um engenheiro bonito, elegante, inteligente, rico e que tem uma história de vida muito semelhante à dela. Depois de alguns encontros maravilhosos - porque Richard é o típico pretendente que faz tudo pela amada -, Julie sente que pode finalmente estar prestes a seguir em frente. Mike, no entanto, também decide - finalmente - conquistá-la e esses dois bons partidos vão dividir ao meio o coração da moça. A escolha pode ser perigosa pois ambos sentem um ciúme incontrolável dela.

É mais um ótimo livro de Nicholas Sparks que promete marejar os olhos e cortar os corações mais sensíveis. O suspense como um elemento novo na trajetória do autor faz com que este seja um dos livros mais destoantes dos outros e, por isso, consequentemente mais completo. Reafirmo que Sparks é meu autor favorito, não só pelas lágrimas que derramei ou pelas belas frases que li, mas pelo incrível talento de nos fazer amar cada um de seus personagens como se eles fossem reais.

"Quer saber como é ser viúva? Então lhe direi: Jim está morto e agora sinto como se eu também já não vivesse mais." (p. 7)

Sinopse: Quarenta dias após a morte de seu marido, Julie Barenson recebe uma encomenda deixada por ele. Dentro da caixa, encontra um filhote de cachorro dinamarquês e um bilhete no qual Jim promete que sempre cuidará dela.Quatro anos mais tarde, Julie já não pode depender apenas da companhia do fiel Singer, o filhotinho que se tornou um cachorro enorme e estabanado. 

Depois de tanto sofrimento, ela enfim está pronta para voltar a amar, mas seus primeiros encontros não são nada promissores. Até que surge Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como rainha. Julie está animada como havia muito tempo não sentia, mas, por alguma razão, não consegue compartilhar isso com Mike Harris, seu melhor amigo. Ele, por sua vez, é incapaz de esconder o ciúme que sente dela.

Quando percebe que o desconforto diante de Mike é causado por um sentimento mais forte que a amizade, Julie se vê dividida entre esses dois homens, ela tem que tomar uma decisão. Só que não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha colocará sua vida em perigo.

"Encontre alguém que a faça feliz. Isso pode ser difícil ou talvez você pense que é impossível, mas eu gostaria que tentasse. O mundo fica melhor quando você sorri. 
E não se preocupe. De onde estiver, cuidarei de você. Serei seu anjo da guarda, querida. Pode contar comigo para protegê-la. Amo você. Jim." (p. 10)


2 comentários:

  1. Eu gostei de sua resenha, estava a ponto de fazer o pedido desse livro e resolvi vir atrás de resenhas antes.
    Leio maravilhas sobre os escritos Nicholas Sparks.
    Nunca o li, mas sempre tem uma primeira vez, creio que será de muitas.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari!!

    Eu tenho uma relação de amor e ódio com Nicholas Sparks. Me apaixono completamente por alguns livros e odeio fulminantemente outros.

    Não li todas as obras dele ainda, mas O Guardião não me chamou muito a atenção.

    Estou querendo ler Um Homem de Sorte, mas vou esperar um pouco mais ainda porque não posso comprar novos livros até março/abril! Hahahaha

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...