dezembro 07, 2014

[Livros] Uma Chance Para Recomeçar - Lisa Kleypas

Título Original: Christmas Eve at Friday Harbor
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Novo Conceito
Páginas: 176
Gênero: Ficção, Romance
País: EUA
ISBN: 9788581636009
Classificação★★★★☆
_______________

Uma lição sobre o amor e a magia do Natal. Um livro que não poderia ser lançado em outra época. Uma Chance Para Recomeçar de Lisa Kleypas apresenta o verdadeiro sentido do Natal e vai aquecer os corações mais gelados com uma singela e bonita história sobre recomeços. Quando tudo o que você tem de mais importante se vai, o que sobra? Como seguir em frente quando se chega ao fim do caminho?

Os milagres natalinos estão por todo lado. Nos quatro cantos do mundo, coisas belas têm acontecido e a magia está no ar. As luzes que iluminam as árvores de Natal apenas simbolizam as luzes que se acendem dentro de nós nesta época do ano. O perdão, a força e o amor estão no ar. Na vida real, nos livros e por todo lugar, basta querer enxergar.

A envolvente narrativa de Lisa, conquista o leitor por sua simplicidade. Direta e sem floreios, a autora não se aprofunda muito na construção de nenhum de seus personagens. É uma característica dela, seus livros anteriores pecam no mesmo quesito. A falta de profundidade na construção dos personagens, porém, é compensada pelo belo desenvolvimento da narrativa. Uma história bem escrita, que emociona os leitores sem dramas complexos. A história flui e é um livro para ser lido em poucas horas.

Três histórias que se cruzam. Uma menina que perdeu a mãe. Um tio que recebe a guarda da sobrinha. Uma moça viúva que sente falta do marido. Três pessoas que aparentemente não teriam nada em comum se encontram e o destino faz questão de cruzar seus caminhos. A perda, a falta e a dor são parte integrantes das vidas desses três estranhos. Um pedido de Natal, feito pela pequena Holly, pode ser o primeiro passo para eles se encontrarem, literalmente.

Holly, um encanto de garotinha, é de longe a personagem mais apaixonante. Após a morte da mãe, ela parou de falar. Seus tios Mark e Sam não sabem como fazer com que a pequena se recupere. É quando ela conhece Maggie, a dona de uma loja de brinquedos. Com muita imaginação e amor, a amizade das duas faz com que Holly encontre novamente sua voz. E não é só a vida de Holly que Maggie vai mudar, após conhecer Mark, os dois vão encontrar um no outro uma chance de recomeçar. 

Maggie se recupera da morte do marido, ela sente que ainda não está pronta para um novo relacionamento. Enquanto isso, Mark não quer se comprometer com sua namorada Shelby, ele sente que ainda não está pronto para isso. Surge então um carinho especial entre os dois, que vai levá-los a descobrir que o amor é a certeza de que eles precisam para seguir em frente. Uma bela mensagem que precisa ser passada para a frente.

"Mark ficou parado ali, piscando, tentando absorver o impacto. Pela primeira vez na vida ele sentiu como era ter o coração partido... Não partido em um sentido triste e romântico, mas partido para se abrir. Nunca havia passado por aquilo, o desejo de cercar outro ser humano de felicidade perfeita." (p. 53)

Sinopse: Victoria morreu em um trágico acidente, deixando sua filha Holly sob a responsabilidade do seu irmão, o solteiro convicto Mark. O tio Mark não se sentia muito preparado para cuidar da menina, mas assumiu o compromisso de devolver o sorriso aos seus lábios. No entanto, ele descon fia de que não esteja fazendo um bom trabalho, uma vez que Holly nunca mais falou desde que ficou órfã. Uma cartinha para o Papai Noel revela um desejo que pode ser a chave da felicidade de Holly: ela só quer ter uma mãe. Maggie perdeu o marido em uma batalha contra o câncer e não quer jamais - passar por tudo isso de novo. Por isso, ela fechou seu coração e prometeu a si mesma dedicar-se somente a sua nova loja de brinquedos em Friday Harbor, que permite às crianças viajar um pouco nas asas da imaginação. A amizade entre Maggie e Holly (que até passou a acreditar em fadas!) ao mesmo tempo comove e preocupa o tio Mark. Ele tem certeza de que a nova amiga fará bem a sua sobrinha, mas precisa decidir se a deixará entrar em sua própria vida... Nós também torcemos, do fundo do coração, para que Holly tenha uma linda noite de Natal.

"- Não estou pronta.
Os dedos dele brincaram com os cabelos dela, penteando devagar por entre os cachos.
- Quando você acha que vai estar pronta?
- Não sei. Preciso de uma pessoa de transição antes.
- Eu vou ser o seu cara de transição.
Mesmo naquele momento, na angústia dele, ele quase conseguiu fazê-la sorrir.
- Então quem vai ser o cara depois disso?
- Eu vou ser esse cara também." (p. 136)


12 comentários:

  1. Mariana!
    Enredo enternecedor, principalmente na época natalina!!
    Acredito que o fato de serem contos que se misturam em uma determinada parte do livro, é que leva as personagens não serem mostrados com tanta profundidade.
    Se a combinação dá certo, porque questionar?
    Uma semaninha cheia de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari, sua linda, tudo bem
    Saudades de vir aqui!!!!!!!!!
    Eu sempre adorei o Natal!!!!!!!! Nunca li nenhum livro de Natal, por incrível que pareça, mas vejo todos o filmes com tema de Natal. O meu preferido é Milagre na rua 34 (se ainda não viu, não perca).
    Então, a primeira coisa que chamou minha atenção na sua resenha foi saber que é um livro para ser lido nessa época. Parece ser mais uma linda história em que corações solitários se encontram e se completam. E essa capa também está linda. Como sempre, saio do seu blog com dicas de livros inesquecíveis para me emocionar. Adorei a resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiiii Mari. Que linda a sua resenha. E que lindo esse livro. Já estou vendo há alguns dias a divulgação dele e já estava querendo. Depois dessa resenha, quero ainda mais. Amei demais o último quote. E com certeza, não podia ter sido lançado em uma época melhor =D
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aah a historia parece ser muito linda mesmo, adorei a capa, e perfeita para ler nesse clima de Natal, como você mesma disse, esse livro não podia ser lançado em outra época se não essa. Adorei a resenha!!

    xoxo!

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Achei lindo sem ler! você resenha muito bem :) fiquei curiosa para ler, bjoos <3

    Menina Flor

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari

    Acho que um livro tão pequeno assim não tinha como ser muito profundo mesmo, mas a Lisa Kleypas escreve tão bem e eu sou tão fã dela que com certeza ela deve ter feito uma história maravilhosa com esse pouco.
    Parece ser uma leitura bem gostosinha e perfeita para essa época do ano, acho que será uma das minhas últimas leituras de 2014.

    Beijos

    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  7. Adorei sua resenha Mariana. Você consegue passar emoção naquilo que escreve e deixa a gente com desejo de conhecer o livro. Só não lhe digo que vou lê-lo pois estou com uma fila imensa de outros livros pra ler. Estou aqui por causa do grupo Blogueiros que retribuem. Vou aguardar também sua visita lá no meu blog. Sou Alberto Valença.

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari!!

    Eu não conhecia o livro, mas gostei muito dessa história!
    Acho que combina com o clima que estamos vivendo hahaha. Gostei de saber da narrativa da autora e de que as histórias se conectam de uma forma!
    Vou deixar anotadinho aqui!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  9. Sempre esses lançamentos de natal sao repletos de livros com um sentimento gostoso, que nos fazem querer ler sempre livros do estilo! Adorei saber que tem historias q se interligam... nao sei pq, acho q vou acabar chorando.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha. A capa do livro remete bastante ao Natal e acho que seria bacana lê-lo nessa época. A história parece ser leve e agradável, então fiquei bem curiosa!!

    ResponderExcluir
  11. Oie,
    Esse livro parece ser realmente bom, porém não me interessei pela história. É uma pena.

    ResponderExcluir
  12. É um livro encantador, tem uma sensibilidade indiscutível. Os personagens são meigos e é impossível não se deixar conquistar por ele.
    O livro traz toda a alegria do Natal, toda aquela esperança e clima de família e paz.
    Mesmo não lendo muitas histórias com teor natalino, aprecio esse tipo de leitura.
    Livros com essa temática e enredo, mesmo que não seja a ideia principal, resgata um pouco a "esperança de natal", por isso é sempre bom ler livros assim.

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...