julho 30, 2014

[Livros] Transmutados: O Desconhecido - Vanessa Tourinho (Transmutados #1)

Título Original: Transmutados: O Desconhecido
Autor: Vanessa Tourinho
Editora: Modo
Páginas: 364
Gênero: Romance, Ficção
País: Brasil
ISBN9788565588560
Classificação★★★★★
_______________

Transmutados é o livro de estreia da autora Vanessa Tourinho. A literatura fantástica nacional ganhou um nome de peso, tendo visto que seu primeiro livro já tem um impacto tão positivo na saga. Os que acompanham a divulgação do livro nas redes sociais sabem que a Van é minha amiga, também blogueira e que eu estava com muitas expectativas para essa leitura. Minhas expectativas foram mais do que supridas e Transmutados me conquistou completamente. Eu literalmente não conseguia largar o livro e dormir se tornou um luxo. Vanessa que o diga, porque sempre que eu fazia algum comentário ao texto eram lá por volta das três da madrugada. Por isso Peter Van Houten mora em Amsterdã e não tem whatsapp.

Por diversas vezes me senti lendo um livro de Richelle Mead. A narrativa flui, vicia e te transporta para outro lugar. E as semelhanças no texto das duas, inclusive me fizeram deduzir que a norte-americana havia influenciado a escrita de Vanessa. Eu estava enganada. O livro começou a ser escrito antes do contato dela com a literatura sobrenatural de Mead. Talvez as duas se comuniquem por telepatia, talvez sejam... duas transmutadas. Já até vejo as duas "conversando" no meio da noite sobre poderes especiais e seres místicos.

O fato é que o livro é muito bom. Bem escrito e produzido com uma delicadeza ímpar. Da capa à diagramação o leitor se encanta. Ao início de cada capítulo temos uma página ilustrada com uma foto de Londres. Ah, Londres. Aquela cidade linda que todos desejamos conhecer está presente no decorrer do livro e cada descrição me levou para mais perto do Big Ben, da London Eye e dos pubs londrinos. Os personagens são muito bem construídos, apesar de serem muitos e cada um possuir um poder especial. Confesso que às vezes me confundi um pouco com tanta informação, mas a autora sempre dá uma recapitulada estratégica para nos situar.

Os transmutados são humanos que sofreram uma mutação genética e ganharam, por assim dizer, dons. Tem todo o tipo de poder: hipervelocidade, crescimento acelerado, domínio da sombra, telecinese, superforça, invasão de sonhos, entre outros. Cada um deles tem uma combinação de dons e cabe a eles decidir como usá-los. Como na vida real, poder gera problemas e responsabilidades e existe sempre o bem e o mal. Os transmutados que procuram fazer o bem são chamados de GoodPower. Em oposição os que se aproveitam dos outros, matam, torturam e fazem sofrer, os BadPower. Cada personagem vem de um lugar diferente do mundo, o que torna a narrativa bastante rica, inclusive no quesito idioma. Pode-se encontrar aqui e ali um termo estrangeiro para enfatizar a nacionalidade de cada personagem.

A trama gira em torno de Luísa, uma garota orfã que vê sua vida mudar completamente ao descobrir seus novos poderes. Ler mentes e sair do próprio corpo são apenas algumas das habilidades que a menina descobriu e no meio da confusão que é crescer, ela se vê perdida e se sentindo uma aberração. É quando ela encontra um clã de GoodPowers que aparentemente estava a sua procura. As intuições dos transmutados são fortes e eles sentiram que ela deveria fazer parte do clã, da família. 

Os transmutados nascem predestinados a alguém e em certo momento de sua vida, têm uma visão com sua 'alma-gêmea'. Bem parecido com o que acontece em Crepúsculo, a questão do imprinting. Depois dessa visão nada permanece igual. Sua alma passa a desejar o outro pedaço que a completa e o transmutado sente o impulso de encontrá-la. Por muita sorte ou muito azar, Luísa tem sua visão logo nos primeiros meses de transmutação e se apaixona instantaneamente por um desconhecido. Ela não sabe nada sobre ele, exceto que vive em Londres. 

Luisa começa então a correr atrás do amor da sua vida ou seu par predestinado, ela descobre que ele se chama Christian e é músico. O que ela não imagina é que esse amor vai levá-la a situações perigosas e desafiar tudo em que ela acredita. Como se não fosse o bastante, (ah, minha amiga Vanessa eu quero te matar por isso, kkk) Luísa ainda atrai a atenção de outros homens, alguns até bem próximos dela. Ficará a dúvida se a visão resistirá ao charme desses pretendentes e se tudo não seria menos complicado se ela conseguisse controlar seu coração. 

Não vou dar spoilers, mas eu shippo Luísa com outros dois personagens, fora Christian. O mocinho, na verdade, não me conquistou, já as outras opções da garota são bem mais interessantes. Sim, ela tem quatro caras correndo atrás dela, porque triângulo amoroso é coisa do passado, baby.

Para encerrar essa resenha cheia de elogios só tenho a agradecer a Vanessa pela oportunidade de ler o livro antes de muita gente, pelo carinho na dedicatória e principalmente, por escrever um livro tão bom! O primeiro volume da saga Transmutados deixa um gancho (e que gancho!) para a continuação. Então, por favor Van, sente à sua mesinha de leitura e continue escrevendo o segundo volume para nós, porque eu tive uma visão com ele. É um pressentimento forte de que será tão bom quanto o primeiro.

"(...) Eu o amava. Amava um homem desconhecido.
Era tão injusto que o destino fizesse aquilo comigo. Que me vendesse um futuro aparentemente perfeito, e me fizesse acreditar e depositar esperanças em um homem nunca visto. Odiava sentir que eu já acreditava em nosso futuro feliz." (p. 71)

Sinopse: Quando Luisa Lima descobre que existe alguém que nasceu para pertencer a ela, não pensa duas vezes em fazer as malas e ir atrás do que parece ser o amor perfeito. Quando completa dezoito anos recebe um presente: o dom de ouvir os pensamentos alheios. Como se isso já não fosse o suficiente complicado, ainda descobre possuir a habilidade de se “desprender” do próprio corpo e mover-se a qualquer lugar, na velocidade da luz, apenas como energia, como espírito. Confusa com seus poderes, Luisa, tem a sorte de conhecer quatro jovens dispostos a explicar e a levá-la ao complicado mundo dos Transmutados. É quando descobre que todo Transmutado nasce predestinado a um parceiro ideal, e, quando isso acontece com Luisa, ela segue em busca de sua “alma-gêmea”, fechando os olhos e ignorando todos os perigos que esse relacionamento pode causar.

"(...) Não doía mais.
- Obrigada, Dan. Seu dom é o máximo! - respirei fundo e fiz uma pausa. - Você cura corações partidos também?
Daniel riu.
- Desculpe, sou só um Transmutado, não um deus." (p. 249)


26 comentários:

  1. Ai Mari, meu coração não aguenta isso tudo!♥
    Fico muito lisonjeada em saber que minha escrita lembra a da Richelle, mas quem teve influência em minha vida de escritora foi a tia Stephanie.
    Quero lhe contar muitas coisas, mas vou me conter e guardar as fofocas para o whatsapp.
    Sinto lhe desiludir, mas não leve o Joe tão a sério. Ele é um galanteador barato. É um fofo, mas "atira para todos os lados".
    Muito obrigada pelo carinho e amizade. Espero ser realmente merecedora de tantos elogios. Não sei se minha ficha caiu!♥

    ResponderExcluir
  2. Oie :D
    Olha eu aqui de novo \o/
    Como sempre resenha apaixonante, Mari ♥♥♥
    Só de você ter citado o nome da DIVA Richelle Mead, já me deixou simplesmente LOUCA para conhecer essa história fantástica.
    Gostei bastante da história ♥ Achei interessante esse lance de "alma-gêmea" e tal. É bem o tipo de livro que eu amoooo. E pelos elogios - não polpados - o livro parece ser muuuuito boom!!!
    E só para constar NÃO É LEGAL FAZER UM RESENHA ASSIM PORQUE DEIXA AS AMIGUINHAS CURIOSAS, OK??? kkkkkkkkkkk

    Beijossss
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. oi ^^
    Você é seguidora do meu blog e estou passando aqui para dar um aviso. Eu fiz grande mudanças no meu blog Títulos de Livros, que agora se chama: Hey Dudi! Eu fiz uma mudança de layout e ampliei os assuntos que trato no blog, apesar de que os livros continuarão representando a maioria dos post!
    Eu queria que você desse uma olhada no blog e me falasse o que achou, espero um retorno!
    bjinhus

    Hey Dudi!

    ResponderExcluir
  4. Oiee
    Esse livro é nacional?OMG ,eu não sabia disso!
    Adorei o enredo e você me ganhou com sua resenha quando
    mencionou as fotos de Londres,amo aquela cidade fria.
    A Vanessa merece todo o crédito do mundo mesmo pois esse
    livro é nota 10.
    beijos :)

    ResponderExcluir
  5. Eu gostaria muito desse livro. Como faço? Para ter ele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanu,
      No final da resenha deixei alguns links onde você pode encontrar o livro.
      Diretamente com a autora é a melhor forma. Envie um email para ela: contatovantourinho@hotmail.com

      Beijos,

      Excluir
  6. OI! Amaria lê-lo, gosto de livros de fantasia, os permite ir além da imaginação. Gostei dos poderes dela e dessa busca implacável pela sua alma gêmea e acho que isso ocasionará problemas. Acho que a leitura também me encantaria.

    ResponderExcluir
  7. Quando li que a Luísa tem 4 caras atrás dela já me deu vontade de pergunta com quem ela fica no final,sim sou muito curiosa mas vou esperar para matar muita curiosidade com finalmente lê o livro.

    ResponderExcluir
  8. Fico feliz em ver que a literatura brasileira tem se desenvolvido para a literatura fantástica, acho que estamos precisando de mais livros assim. Infelizmente, Richelle Mead não me vem como uma referência boa, pois não gostei muito da série Academia de Vampiros, mas isso não me impede de dar uma chance ao livro.

    http://www.laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, como está?
    Mais uma estrelinha para literatura brasileira, que bom :)
    Deu para perceber que você gostou bastante do livro.
    Amo livros de fantasia e esse parece ser muito bom!

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  10. Para um livro de estréia a autora recebeu vários elogios. Parece que ela é mesmo talentosa e mais um nome que promete no cenário literário nacional. Gostei da capa e da sinopse <3.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. OMG!! Eu agora necessito ler esse livro, haha.
    Essa história deve ser dessas que nos prende logo no começo e eu amo isso.
    Adorei!
    Beijos
    http://cookierobsten.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari

    Pela resenha linda dá para perceber que esse post é de uma fangirl. É muito legal ver o quanto a literatura nacional tem crescido e rendido bons livros.
    Estou fugindo um pouco de livros sobrenaturais, mas não posso negar que fiquei muito curiosa e tentada a conhecer essa história.
    Pelo visto será um grande sucesso.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  13. Olha só, que beleza!
    Ah, eu fico maravilhada com os jovens talentos da nossa literatura!
    E que resenha apaixonada, hein Mariana?
    Fico imaginando a cada início de capítulo imagens de Londres...
    Este enredo parece ser conduzido de forma bem inteligente.
    Capa linda!
    Parabéns à Vanessa!

    ResponderExcluir
  14. Oi Mariana.
    Que resenha! Fiquei com muita vontade d eler esse livro e nem sabia da existência dele antes de ler a sua resenha!
    Adorei a trama, a ideia da manipulação genética que "gera" dons/superpoderes *-* A inserção do "imprinting" também é bem interessante!
    Deve ser um pouco agoniante para a Luísa não saber quem é o cara com quem ela sonha =/
    Bom, espero poder ler esse livro logooo! Parece ser ótimo.

    ResponderExcluir
  15. Que demais esta historia e esta resenha!!Primeira que leio e realmente me fez ficar super animada pela historia,por ainda não ter lido nada parecido. Uma historia nacional de estreia!!!

    ResponderExcluir
  16. Oi Mari, tudo bem?
    Amei sua resenha, o livro parece ótimo! Gosto muito de fantasia apesar de não ser meu gênero favorito.
    Fico muito feliz que você gostou do livro, principalmente por ser amiga da autora, e muito bom poder tecer elogios para alguém de quem gostamos.
    Apesar de já ter visto essa coisa do imprinting em Crepúsculo, eu achei bem bacana a maneira como a sua amiga trouxe, através de um sonho.
    Estou super curiosa para ler o livro e ver o que acho da história e dos personagens.

    Beijão ;*

    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Essa é a primeira resenha que vejo desse livro e nossa que resenha positiva hein, estou super curiosa para ler o livro e devo dizer que você me conquistou ainda mais quando disse que quando estava lendo se sentiu lendo um livro da Richelle Mead, pois eu sou super fã da Richelle, tenho certeza de que vou gostar muito do livro, amei a resenha.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro, nunca tinha visto nem a capa, mas a sua resenha positiva me causou uma boa primeira impressão. Fiquei bem curioso quanto a premissa da obra e acho que daria uma oportunidade a leitura.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho

    ResponderExcluir
  19. Esses autores brasileiros estão me deixando cada vez mais orgulhosa *-*
    Trazendo histórias assim tão originais e cativantes. O livro tem algum lançamento já em vista? Ia adorar compra-lo em lançamento. A autora está realmente de parabéns.
    beijos
    www.antesdos40.com.br

    ResponderExcluir
  20. Orgulho dos nacionais,pena que ainda exista bastante preconceito. To curiosa por esse livro da Van, espero ter oportunidade de ler em breve, cada comentario que vejo dele só aumenta
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Mari, quero esse livro para ontem, a capa é linda, me lembra a dos livros da Cassandra Clare. A resenha está ótima e só me deixou curioso. Bom saber que os livros nacionais estão cada vez melhores.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Amo nacionais e a história desse me chamou a atenção.
    Parece bem interessante e envolvente. Realmente fiquei bem curiosa para ver todo esse desenvolvimento. Um orgulho de ver nossos nacionais cheios de talentos.

    ResponderExcluir
  23. Oii,

    UOOOU!! Quanto elogio geente, fico tão feliz quando vejo as pessoas se entregando a leitura dessa forma. O livro parece ser apaixonante e assim que tiver a oportunidade vou ler. Gostei muito da sua resenha!!

    Ps: Obrigada pela dica, vou ler O Presente sim :D

    Beijinhos,
    entrechocolatesemusicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Que nacional lindo, a capa logo me chamou atenção! haha
    Narrativa parecida com a da Richelle Mead? Personagens bem construídos? Londres? Com certeza vou ler, amoooo e precisoooo! *-----*
    Obg pela dica!
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. "Por isso Peter Van Houten mora em Amsterdã e não tem whatsapp."
    hahahaahahahahahaha Ameeeeei esse seu comentário!! Já me ganhou ai, estou seguindo o blog.
    O livro parece ser impressionante, sua resenha ficou fantástica, aliás eu sabia que iria gostar daqui só de ler o "quem escreve" haha
    Bejos

    Até mais

    O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...