janeiro 04, 2015

[Livros] Entre o Agora e o Nunca - J.A. Redmerski

Título Original: The Edge Of Never
Autor: J. A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas: 368
Gênero: Ficção, Romance, Hot, New Adult
País: EUA
ISBN: 9788581051406
Classificação★★★★★
_______________

Uma história de amor, libertação, auto-descobrimento e paixão. Entre o Agora e o Nunca traz em seu enredo todos os tão famosos estereótipos de um new adult erótico: o cara bonito e briguento, a garota confusa e a paixão avassaladora que surge entre os dois. Recentemente, eu li pelo menos quatro livros com esse mesmo enredo. É difícil não achar as histórias um tanto repetitivas, mas cada um traz sua própria beleza e cada autor tem uma escrita única. J.A. Redmerski não tenta comover, ela quer instigar o leitor a questionar sua própria vida e o meio como cada um de nós lida com ela.

Este é o primeiro volume de uma duologia que marca o leitor com personagens cativantes, mensagens profundas e questionamentos reais. Alternando o ponto de vista entre os dois personagens, temos uma compreensão maior de toda a trama e conhecemos melhor cada um deles. Eu não poderia ter me identificado mais com a protagonista. Não por causa de seus dramas familiares – que, aliás, são muitos -, mas por sua personalidade questionadora, inconformada que não quer se encaixar num padrão e teme cair numa rotina. 

Camryn Bennett tem ideais fortes, sólidos e com os quais eu concordo absolutamente. Depois de uma série de perdas: a morte do amor da sua vida, a prisão de seu irmão, a separação de seus pais, o rompimento com sua melhor amiga (ufa!), Camrym se vê depressiva, confusa e sem rumo. Ela decide cair na estrada sem um destino certo. Essa viagem imprevisível pode ajudá-la a descobrir mais sobre si mesma e sobre a vida.

Entre um ônibus e outro, a jovem conhece um garoto irritante e muito bonito. Andrew Parrish está igualmente buscando um rumo para sua vida. Ele viaja para se despedir do pai que está em seu leito de morte. A dor que isso traz para ele se encontra com a dor de Camryn e os dois constroem uma bela amizade. Dividindo bancos, refeições e segredos, eles se aproximam e se apaixonam. Tudo acontece gradualmente e a narração intercalada faz com que o leitor entenda tanto Cam quanto Andrew e torça pelos dois.

Andrew ensina para Camryn como o desejo, o sexo e o amor podem ser libertadores. Com toda a paciência do mundo, eles vão para outra dimensão de intimidade. O carinho, ao mesmo tempo dominador do rapaz, faz com que ela se sinta a vontade consigo mesma, esqueça suas inibições e diga o que quer e o que sente. Nenhum dos dois planejava se envolver, mas quando percebem já é tarde demais.

O problema é que como toda viagem, esta também terá que chegar ao fim. Afinal, Camryn e Andrew moram em estados diferentes e tem suas próprias vidas para cuidar. Aproveitando cada segundo como se fosse o último, os dois vão descobrir que a vida é preciosa, curta e que só o agora importa. Música boa embala o livro e bandas como The Civil Wars criam uma playlist folk delíciosa de ouvir. As cenas eróticas são bem escritas e sutis, nem um pouco grosseiras e confesso que Andrew é um personagem altamente apaixonante.

Em uma bonita jornada, eles cruzam os Estados Unidos e atravessam todo o tipo de obstáculos pelo caminho. Andrew vai aos poucos fazendo com que Camryn se sinta viva de novo. A jovem percebe que a vida é curta demais para ter medo de dizer o que sente e que não estamos fadados a nada, sempre podemos mudar nosso destino. Recomendo a leitura e recomendo mais ainda que todos sejamos um pouco como Camryn e Andrew, corajosos - sem medo de ser feliz.

"- Você quer dormir comigo, ter uma transa de uma noite só comigo? - Ele sabia que eu não ia ter coragem de falar, então cedeu e falou por mim.
A pergunta, embora óbvia para ambos, tira meu fôlego. Partindo dele, é tão embaraçosa e constrangedora quanto se tivesse partido de mim, ou mais até.
- Talvez...
Ele se levanta, olha para mim e diz:
- Desculpa, mas não tô interessado em você dessa forma. (...)
Numa fração de segundo, pulo da cama e vou o mais rápido possível até a porta.
- Camryn, para. (...)
Ele se afasta e olha para mim, com o rosto totalmente sincero, e inclina a cabeça para o lado... sorrindo.
- Qual é a graça? - pergunto com voz áspera, e tento me desvencilhar dele.
Andrew me segura pelos braços e me força a lhe dirigir meu olhar humilhado, que está começando a refletir ressentimento.
- Falei que não tô interessado em você dessa forma, Camryn, porque... - ele faz uma pausa, observando meu rosto, olhando para os meus lábios por um momento, como se estivesse tentando decidir se deve ou não beijá-los de novo - ... porque você não é uma garota com a qual eu conseguiria dormir só uma vez." (p. 178)

Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.

Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.

Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

"- Acho que o amor nunca acaba de verdade quando a gente ama alguém - digo, e vejo um pensamento passar por seus olhos. - Acho que quando você se apaixona, quando ama de verdade, é amor pra vida inteira. Todo o resto são só experiências e ilusões." (p. 202)


19 comentários:

  1. Oii Mari, que saudade!
    Já li algumas resenha sobre esse livro, e apesar de sempre gostar delas e até gostar da temática do livro, não consigo me sentir instigada a lê-lo...
    Beijo da Jess, blog Entre Leitores
    http://entreeleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já comprei o livro.. estou esperando chegar agora :3 espero realmente gostar da historia assim como você.
    Parabéns pela resenha!

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Mari, é bem complicado quando a gente pega vários livros e tem o mesmo seguimento, né? Mesmo estilo de leitura, história e enfim, mas pelo menos esse teve o seu diferencial em alguns momentos. Eu já vi esse livro, mas não sabia que se tratava de uma duologia. Personagens cativantes, profundos e bem construídos são coisas essenciais numa obra.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a historia !,muito criativa espero comprar o livro nesse ano ,a resenha que você fez ficou adorável ,mais tenho ainda que comprar vários livros ,para ler ,que fica dificil ,qual escolher para comprar . <3

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari, tudo bem?
    New Adult, não é um dos meus gêneros favoritos e eu confesso que leio muito raramente! Mas por algum motivo essa história me atraiu bastante! Não sei se é a forma como tudo acontece com os protagonistas ou se foi os pontos que você destacou na resenha, mas essa é uma leitura que eu faria sem dúvidas!
    Achei bacana o fato de não ter nada muito grosseira, pois isso me deixa um pouco incomodada com a leitura.
    E gostei também do fato da mocinha não ser uma bobona submissa e sim uma pessoa questionadora!
    Adorei a resenha!

    Bjos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Não gosto do gênero, então apesar de todo mundo ter gostado bastante do livro assim como você, pra mim é mais do mesmo, apesar de concordar que cada autor tem mesmo sua escrita única.
    Ótima resenha! Bjs, Mariana <3

    ResponderExcluir
  7. olá, feliz ano novo!

    Gostei da resenha! Apesar do new adultos não ser meu gênero favorito, achei a historia bem interessante, ainda mais pelos trechos picantes serem ao mesmo tempo sexy sem ser vulgar.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Esse livro deve ser demais, a minha amiga me recomendou e fiquei morrendo de vontade de ler!
    Espero ler em breve, haha
    Beijoos
    www.gemices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Cadê o botão de dar cinco estrelas na resenha?
    Pelo que me falou, não imaginei que a história era envolvente e que conseguia instigar o leitor, fazendo com que o mesmo se torne mais corajoso ou apenas cause algumas reflexões.
    Quanto a playlist... FOLK <3.
    Mais uma resenha que consegue prender qualquer um, mesmo não conhecendo o livro.

    Beijos literais,
    Luiz Henrique (Luke)
    instanteliteral.com

    ResponderExcluir
  10. Ouvi muito falar, e depois da resenha minha curiosidade aumentou, vou procurar comprar.

    ResponderExcluir
  11. Oi Mari!
    Esta aí mais um livro que está na minha fila de leitura, preciso lê-lo urgentemente.
    Sempre li resenhas positivas à respeito, mas na sua o que me chamou atenção foi "J.A. Redmerski não tenta comover, ela quer instigar o leitor a questionar sua própria vida e o meio como cada um de nós lida com ela." . Me despertou mais ainda a vontade e curiosidade de lê-lo, adoro livros que nos fazem questionar.
    Ótima resenha!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Andrew virou meu personagem queridinho agora! O livro me encantou, é uma narrativa viciante e envolvente.Espero ansiosamente para ler o segundo livro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. New Adult não está no meu foco literário, acho a ideia que eles passam um pouco massiva. Parece que todos eles usam a mesma formula, um mesmo enredo, trocando só os nomes dos personagens, os locais e a forma de escrita, não consigo me sentir tocada por eles.
    A história inicial, assim como nos demais, parece ser agradável de ser lida, mesmo com os clichês, para quem gosta do gênero, esse livro se mostra tão bom quanto os outros.

    ResponderExcluir
  14. Olá, Mari.

    Gosto muito de NA e Entre o agora e o nunca é um dos meus favoritos. Adoro tudo que acontece entre a Cam e o Andrew. <3 Depois da leitura fiquei um bom tempo escutando as músicas do The Civil Wars. Fico feliz que tenha curtido essa leitura e quero saber se tem algum livro nesse gênero pra me indicar.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio Fim de ano

    ResponderExcluir
  15. Oi, Mari!
    Eu estou curiosa pra ler essa duologia, no geral vi muitos comentários positivos. Não sabia que tinha essa parte mais hot, achei que era só outro romance NA. Cara, eu ADORO The Civil Wars, já gostei de saber que tem referência à essa banda <3
    Enfim, que bom que curtiu, espero fazer a leitura também em breve, aí a gente troca opiniões :)

    Beijos sua linda
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Mari!
    A maioria das resenhas que li desse livro (duologia) são bem favoráveis e todos estão apaixonados pela escrita da autora.
    Curiosa!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Com certeza um dos meus livros preferidos do gênero. O casal simplesmente me cativou. O livro não é forçado como a maioria do gênero que vemos por aí, o que conquista mesmo aquele que não é muito fan do gênero, a narrativa é super simples e rápida tornando o livro mais próximo da realidade e dos leitores.

    ResponderExcluir
  18. Oi,
    Esse é um dos livros que estou mais ansiosa e entusiasmada para adquiri-lo e le-lo. Já avia visto diversas resenhas positivas sobre este livro, e elas fizeram com que minhas expectativas aumentar de uma maneira inesplicável. Estou super curiosa para desfrutar da história de Camryn e Andrew.

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...