janeiro 29, 2015

[Livros] O Segredo de Jasper Jones - Craig Silvey

Título Original: Jasper Jones
Autor: Silvey
Editora: Intrínseca
Páginas: 288
Gênero: Romance, Ficção, 
País: EUA
ISBN: 9788580571707
Classificação★★★★★
_______________

O livro de Craig Silvey traz uma forte crítica à essa sociedade onde todos nós somos estereotipados e catalogados como produtos numa estante de supermercado. O julgamento das pessoas acaba por definir o que você é ou deixa de ser. Sua real personalidade, seu caráter, nada disso importa. Tudo é uma questão de impressão. Quem você é de verdade é um segredo, que só você sabe. O rompimento dessas concepções acaba com a inocência do leitor, que vê nesse romance o quanto nós mesmos podemos ser ignorantes.

Há tempos um livro não me fazia refletir tanto sobre a minha própria vida. Não que eu tenha me identificado com algum personagem específico, me identifiquei mais com os ideais do autor. Silvey explora em uma narrativa de tom quase policial, um romance, um assassinato e um mistério. Aos poucos, como peças de quebra-cabeças, tudo se encaixa e o tal segredo vai trazendo ao leitor uma onda de tristeza e alívio. A sensação é de que montado, o que quebra-cabeças mostra uma imagem assustadora, e talvez seja melhor mantê-lo incompleto. 

Eu poderia dizer que simplesmente simpatizei com o personagem de Jasper Jones, mas na verdade, o admirei. Injustiçado e com uma fama terrível, ele sofre por ser visto como um bandido, inútil e ladrão. Todo e quaisquer delitos fazem dele um suspeito e sem nenhuma prova, a não ser a língua enorme das pessoas, ele é condenado sem julgamento. O rapaz é visto como o marginal órfão que só traz problemas. Em uma cidade que se esconde atrás de ignorância e preconceitos, não há chance para Jasper ser nada além disso.

Quando se depara com sua namorada morta, Jasper Jones se desespera. Primeiro, porque ele não pôde salvá-la, chegou tarde demais. E segundo, porque com sua má reputação, ele logo será incriminado e mandado para a cadeia pelo resto da vida. Sem saber o que fazer, o rapaz pede a ajuda de Charlie, um garoto medroso, porém, inteligente, que certamente saberá o que fazer. O fato é que Charlie não faz a menor ideia de como livrar Jasper dessa e o fato de ter sido colocado na cena do crime, quase o leva à loucura.

Cúmplices desse segredo, os dois começam a investigar por conta própria o assassinato de Laura Wishart. O maior dos suspeitos, é por acaso, o mais temido morador da cidade. Toda a pouca coragem de Charlie será testada e ele irá aprender muito sobre amizade, superação e confiança. Enquanto a culpa consome o garoto, ele tenta seguir com sua vida, ignorando o fato de que a garota dos seus sonhos também é uma Wishart. Eliza é irmã de Laura e esconder dela o que Charlie viu naquela noite começa a ser um fardo pesado demais.

Apaixonado por Eliza, Charlie se esforça ainda mais para descobrir o que aconteceu com a irmã dela. Apaixonado pelos livros, ele tenta compreender sua própria vida à luz de grandes obras da literatura norte-americana. Dividido entre proteger o amigo e aliviar o sofrimento da menina que ama, ele acaba tendo que permanecer em silêncio. Esquecer porém, o que ele viu naquela noite na clareira é impossível. O corpo de Laura Wishart sem vida fez com que ele percebesse quão frágil é nossa existência. Esse e outros questionamentos, como a adolescência, as primeiras vezes e a superação dos próprios limites fazem de O Segredo de Jasper Jones, leitura obrigatória para os mais jovens.

Outros temas atuais e extremamente importantes foram abordados por Craig Silvey nesse livro. Dramas familiares, preconceito, racismo, injustiças sociais, paixão, amadurecimento, amizade e coragem enriquecem essa bela narrativa. O que aconteceu com Laura Wishart e como isso afeta a vida de cada um naquela cidade é um segredo, mas não é o segredo que Jasper Jones guarda. 

Numa sociedade que busca culpados e condena inocentes, Jasper só não teve sorte. Ele sempre esteve no lugar errado e na hora errada. Provar sua inocência não vai salvar sua garota, nem sua reputação já desgastada, mas pode dar um pouco de paz à sua própria existência e também justiça à pobre garota sem vida. 

"- Para mim é uma coisa séria confiar em você, Charlie. É perigoso. E estou pedindo a você para fazer o mesmo. Não posso forçar você a ficar quieto. Mas esperava que você pudesse ver as coisas pelo meu lado. É o que você faz, certo? Quando está lendo. Você vê como é para outra pessoa." (p. 24)

Sinopse: Numa noite, durante o intenso verão de 1965, Charlie Bucktin é acordado pela visita de Jasper Jones, o pária da pequena cidade de Corrigan, na Austrália. Seduzido pela rebeldia de Jasper, Charlie o acompanha e acaba descobrindo um crime. O segredo, compartilhado entre dois garotos tão diferentes, desperta em Charlie um turbilhão de dúvidas a respeito dos conceitos de verdade e mentira. Neste romance de crescimento, o menino franzino de 13 anos, leitor voraz, reflete sobre os acontecimentos por meio de referências a clássicos do gênero.

"- Outra coisa que nunca entendi - diz ele - é como as pessoas, tempos atrás, podiam olhar para a lua e ainda achar que o mundo era achatado. Achatado, Charlie. Veja, é isso que quero dizer sobre as pessoas acharem que são o centro das coisas. Tudo se reduz ao que elas podiam ver. Ninguém pensou que podia ser um pequeno dente numa engrenagem maior, apenas uma entre as bilhões de bolinhas que giram no espaço. Todos estavam convencidos de que tudo orbitava em torno delas, não o contrário. É loucura. Como se elas vivessem nos seus globos de neve." (p. 141)


23 comentários:

  1. "Dramas familiares, preconceito, racismo, injustiças sociais, paixão, amadurecimento, amizade e coragem enriquecem essa bela narrativa."

    Filha, um livro que aborda tudo isso não tem como não querer ler né?!
    Dica mais que anotada e parabéns pela resenha maravilhosa ;)

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu ia comprar esse livro no submarino quando estava em um preço bem baixo, mas acabei nem comprando. Desde então eu fico namorando ele pela internet.
    Estou louca para ler porque a história deve ser tocante. Amei sua resenha Mari
    Beijocas

    www.gemices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari!
    Gosto quando o autor aborda temas atuais no livro e critica a sociedade.
    Na verdade nunca tinha lido nada sobre esse livro, mas tinha curiosidade pra saber do que se tratava, e gostei muito do que li! Parece ser uma ótima história msm, e vc citou vários elementos que gosto, espero poder lê-lo um dia!
    Ótima resenha ;)
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O autor foi bem espertinho com o título do livro, obviamente segredos nos despertam curiosidade automaticamente. A editora caprichou na capa, assim como na sinopse .Como sou fã de segredos, espero ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Amo livros que nos fazem refletir sobre a vida!! Com certeza vou ler esse!
    O que me chamou bastante atenção também é por ele ter mistério e tratar de dramas familiares. Acredito que vou gostar tanto quanto você.
    Obrigada pela resenha que amei e me mostrou este livro! Um abração, Mari!

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari,
    quando você falou no início da resenha que esse é um livro que faz uma crítica a sociedade atual, de cara já fiquei apaixonada pelo livro. Quando cheguei ao final da resenha fiquei com a certeza de que preciso desse livro para ontem. Maldade isso hein? Vou ter que abrir mão da minha promessa de não comprar livros esse ano.

    Beijos!
    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari, tudo bem?
    Eu sempre vejo esse livro quase de graça no submarino, mas nunca tive vontade de comprar.
    Eu não fazia ideia do que o livro falava e confesso que estou bem impressionada com sua resenha!
    Esse livro parece ser realmente muito bom e tem uma premissa muito interessante e que faz muito o meu estilo de leitura. Na próxima vez que ele estiver em promoção vou olhar ele com mais carinho e até mesmo comprar.

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  8. Só pela sua resenha eu já me apaixonei pelo Charlie. Um livro que aborda tantos tópicos sem perder o fio da meada deve ser mesmo excelente, espero conseguir ler em breve~

    The Fat Unicorn

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha!
    Só conhecia o livro pela capa e não tinha mínima ideia que poderia ser tão legal :)
    Histórias com segredos são sempre instigantes :D

    Seu blog é uma graça,
    Seguindo :3
    http://choqueliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. oi
    Eu comprei esse livro tem muito tempo na submarino apenas porque ele estava custando 5 reais. Compradora compulsiva, eu sei... acontece que eu não fazia a minha ideia do que se tratava o livro, mas lendo a sua história eu me apaixonei! Gostei também da ideia do autor e Jasper parece alguem de se admirar, mas confesso que no meio desse mistério todo, acho que é Charlie quem vai me conquistar, nesse teste de coragem, além da sua inteligencia e seu amor secreto.
    Adorei mesmo! Fico feliz de ter esse livro na estante, assim que puder vou ler!

    tem postagem nova no meu blog
    bjinhus
    http://dudikobayashi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Hey Mari!
    Faz tempo que venho paquerando com esse livro, sempre que vou no site da Submarino ele tá sempre custando menos de R$10, mas ainda não comprei. Gostei da resenha, só aumentou a minha vontade de comprá-lo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Este não é um tipo de leitura que me faz ter vontade de ler, mas os elementos presentes nela me chamam muito a atenção, caso faça sentido. Livros que fazem pensar sobre as coisas é sempre bom.

    Beijão
    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. O segredo de Jasper Jones é um livro que não tinha me cativado pela sinopse, mas resolvi pesquisar mesmo assim, depois disso, sou louca para iniciar a leitura desse livrinho que tem uma capa e enredo intrigante.
    Achei que os personagens fossem mais velhos, mas sem problemas, idade também é só uma forma de iniciarmos pré-conceitos.
    Já sofri o tal do racismo, sei o quão difícil e injusto isso é, acho que será mais fácil me identificar com o Jasper.
    Livros que nos fazem refletir são fantásticos, em sua maioria.
    É difícil acreditar que mesmo em uma sociedade dita moderna, podemos encontrar pensamentos tão arcaicos como racismo, preconceito e intolerância, isso é simplesmente triste.

    ResponderExcluir
  14. Oii Mari. comprei esse livro há algum tempo e ainda não consegui ler. Mas a sua resenha me deixou com bastante vontade. Gosto de livros que trazem críticas :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Mari.

    Sempre compro o livro pela capa. E se eu não tivesse lido a sua resenha nunca teria me interessado pela leitura desse livro. Gosto muito de leituras que me fazem refletir. Criticas a sociedade melhor ainda. Com certeza quero ler O segredo de Jasper Jones.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Essa é a primeira resenha dele que eu leio e a história me chamou atenção. Adoro livros que fazem refletir e com essas questões de injustiças sociais, preconceito de raça e dramas familiares. Pretendo ler assim que possível.

    ResponderExcluir
  18. Quem não é julgado por essa sociedade machista hoje em dia?
    Racismo, preconceito, enfim, são formas de mostrar que os estereótipos existem ainda, infelizmente.
    Adorei a resenha e fiquei bem curiosa para ler o livro

    ResponderExcluir
  19. Mariana!
    Não conhecia o livro e achei o enredo bem interessante e até empolgante.
    Gosto de romances com mistérios.
    Fiquei até com dó do Jasper, a fama o faz ficar à margem e está sendo culpado por um crime que não cometeu.
    Gostaria de ler esse livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ps: Não vi meu nome na lista dos top comentarista, obrigada.

    ResponderExcluir
  20. Comprei esse livro no Submarino e ainda não tive tempo de ler, mas estou muito animada com ele. Li boas resenhas sobre esse livro e estou louca pra ler. (:

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Esse livro acabou de entrar pra minha lista! Que resenha incrível, e espero assim, fiel ao quão boa pareceu ser sua experiência. Achei que foi uma maneira particularmente genial de abordar tais questões sociais. Muito bom mesmo!

    Parabéns pelo blog.
    instanteliteral.com

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    OLHA QUEM TÁ AÍ EM CIMA! COLUNISTA QUE EU AMO <3.
    Me recuso a ler sua resenha inteira porque: EU LEIO E FICO COM VONTADE DE COMPRAR O LIVRO, MAS EU NÃO POSSO.
    De acordo com o que li, nem imaginava ter um toque policial, mistério e tal e parece ser muito legal, ainda mais pelo fato de você já ter começado a resenha filosofando.
    Adorei a ideia de "sentir uma tristeza" quando começamos a desvendar o mistério. Pelo jeito que se expressou, parece algo ruim, mas bom.
    Sobre livros que nos mostram uma realidade que não enxergamos, mas que é jogada em nossa cara como um tapa... de fato, somos tratados como produtos numa estante, ainda mais com pessoas que se situam "superiores".

    Beijos literais,
    Luiz Henrique (Luke)
    instanteliteral.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Mari, sua linda, tudo bem?
    Nossa!!!!!! Que resenha!!!!! Seu texto está super forte. Vou fazer uma confissão: já vi esse livro algumas vezes em promoção e não liguei para ele. Mas agora, me arrependo muito. Não fazia ideia da profundidade do enredo. Por coincidência, presenciei recentemente um exemplo desse tipo de preconceito. Sabe o que me chocou? O preconceituoso sempre demonstrou ser uma pessoa de mente aberta, livre de preconceitos. Mas quando se deparou com alguém diferente dele, com escolhas diferentes da dele, não aceitou e não achou normal. Realmente, não entendo.Por isso, acho que ler esse livro, vai me tocar mais fundo.
    Já para a lista!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...